quinta, 19 de maio de 2022
Dourados
18°max
min
Campo Grande
17°max
min
Três Lagoas
21°max
min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
DROGA EM AVIÃO

Sargento preso com 37 kg de cocaína em voo é excluído da FAB

12 maio 2022 - 21h50Por G 1

A FAB (Força Aérea Brasileira) excluiu definitivamente, nesta quinta-feira, dia 12 de maio, o sargento da Aeronáutica Manoel Silva Rodrigues, do seu quadro. O agora ex-militar foi preso em Sevilha, na Espanha, em 2019, ao transportar 37 quilos de cocaína pura em um voo da comitiva presidencial e acusado de tráfico internacional de drogas.

"A decisão foi proferida após cumprido o devido processo legal, o contraditório e a ampla defesa", diz a FAB.
Por nota, a Força Aérea disse ainda que "atua para coibir irregularidades e repudia condutas que não representam os valores, a dedicação e o trabalho do efetivo em prol do cumprimento de sua missão institucional".

Condenações

Rodrigues havia sido condenado pela Justiça Militar da União em 15 de fevereiro passado. A pena é de 14 anos e seis meses de prisão.

Na ocasião, a defesa do ex-sargento alegou que a droga não foi transportada no avião da FAB, e sim, passada a ele depois do pouso, na Espanha. Os advogados pediram a troca da acusação de tráfico internacional para crime com pena menor: o de recebimento, venda, fornecimento ou transporte de substâncias entorpecentes.

Em fevereiro de 2020, a Justiça espanhola já havia condenado o então sargento a seis anos e um dia de prisão. Além disso, ele foi sentenciado a pagar multa de 2 milhões de euros.

A partir da descoberta da cocaína em um avião da comitiva do presidente da República, a Polícia Federal (PF) deflagrou, pelo menos, cinco fases da operação batizada de "Quinta Coluna", que investiga um grupo suspeito de traficar drogas em aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB). A última etapa ocorreu em dezembro do ano passado (veja detalhes abaixo).

Acordo

Quando foi sentenciado, Rodrigues fez um acordo com a promotoria da Espanha e, às autoridades, contou que "se aproveitou da condição de militar" para cometer o crime. Ele disse ainda que deixaria a droga em um centro comercial de Sevilha.

Rodrigues contou que era a primeira vez que transportava drogas, mas admitiu que costumava revender no Brasil produtos comprados durante as viagens a trabalho, segundo ele, para complementar o salário.

Os promotores espanhóis queriam uma pena maior para ele, de oito anos, mas concordaram em reduzir o tempo porque Manoel Silva Rodrigues confessou o crime. Durante a audiência, ele falou pouco, lamentou a situação e pediu desculpas ao povo espanhol.

Em setembro de 2020, a Justiça da Espanha negou um pedido de transferência do militar para o Brasil. Com a decisão, ele precisa cumprir a pena integralmente no país europeu.

'Quinta Coluna'

Em fevereiro de 2021, a Polícia Federal deflagrou a primeira fase da operação Quinta Coluna. Além do uso de aeronaves militares para o tráfico, os investigadores apuram um esquema de lavagem de dinheiro. À época, foram cumpridos 15 mandados de busca e apreensão.

Um mês depois, a Justiça determinou a prisão de outros três militares e da esposa de Manoel Silva Rodrigues, por participação nos crimes. Segundo a Polícia Federal, os investigados se associaram ao sargento preso na Espanha, "de forma estável e permanente, para a prática do crime de tráfico ilícito de drogas".

Em relação à lavagem de dinheiro, as investigações apontaram "diversas estratégias do grupo criminoso" para ocultar os bens obtidos por meio do tráfico de drogas, "especialmente a aquisição de veículos e imóveis com pagamentos de altos valores em espécie", diz a PF.

Em outubro do ano passado, os policiais prenderam um suspeito de ameaçar testemunhas. Segundo a PF, o preso também é apontado como um dos chefes do esquema.

Em dezembro de 2021, os policiais deflagraram a quinta fase da operação e cumpriram mandados de busca e apreensão em Brasília e em Florianópolis (SC). Nessa etapa, a Justiça Federal determinou o sequestro e o bloqueio de imóveis, R$ 3,6 milhões e de dois veículos de luxo. O nome do alvo não foi divulgado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

REGIÃO

Agente penitenciário preso em operação contra o PCC é demitido

LEI SECA

Fux vota pela manutenção de multa a motorista que recusa bafômetro

Polícia encontra mais de meia tonelada de maconha em milharal
PONTA PORÃ

Polícia encontra mais de meia tonelada de maconha em milharal

BENEFÍCIO

Bolsonaro sanciona Auxílio Brasil com valor mínimo de R$ 400

TRÊS LAGOAS

Mulher tenta matar namorado após ele tentar terminar relação

UFGD

Mostra Radioteatro Experience acontece sábado em Dourados

CAMPO GRANDE

Madeireira é lacrada após denúncias de carga ilegal de madeira

ELEIÇÕES 2022

Após reunião, partidos da 3ª via adiam anúncio de candidato único

GERAL

Após denúncia Procon encontra alimentos vencidos em supermercado

ESTATAL DE ENERGIA

TCU autoriza venda da Eletrobras, a 1ª grande privatização de Bolsonaro

Mais Lidas

PEDRO JUAN CABALLERO

Dupla é executada em pátio de posto de combustíveis

IDENTIFICADO E PRESO

Quarto envolvido em roubo de joalheria saiu de Dourados para dar apoio aos assaltantes

DOURADOS 

Jovens presos por tráfico vendiam drogas para público universitário

FRONTEIRA

Prefeito de Pedro Juan é alvo de atentado a tiros