Menu
Busca sábado, 26 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
POLÍTICA

Renato Câmara pede intensificação de ações a favor da pessoa idosa

10 junho 2015 - 15h45

Assessoria

Em referência ao Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, o deputado estadual Renato Câmara (PMDB) apresentou indicação para que sejam intensificadas ações de conscientização e informação sobre a pessoa idosa na sessão desta quarta-feira (10/6) na Assembleia Legislativa.

O deputado solicitou a realização de atividades junto ao Conselho Estadual de Direitos da Pessoa Idosa e aos municípios de Mato Grosso do Sul como palestras, fóruns, seminários, panfletagens dentre outros. A indicação está em consonância com a Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, criada por Renato Câmara, que tem como finalidade trabalhar por soluções para os problemas enfrentados pela terceira idade, com o compromisso de defender e representar os interesses dessas pessoas.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a população idosa de Mato Grosso do Sul cresceu 27% nos últimos quatro anos. Para o deputado, os dados reafirmam a necessidade de empenho em políticas públicas direcionadas à pessoa idosa.

Frente Parlamentar do Idoso

A proposta de instalação da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa oficializada pelo deputado Renato Câmara (20/5) tem por finalidade identificar e encontrar soluções para os problemas que afligem os idosos, servindo como porta-voz da terceira idade e dos seguimentos da sociedade imbuídos da sua proteção.

O deputado explicou que o objetivo agora é viabilizar a implementação de políticas públicas, além de efetivar iniciativas que favoreçam essa população, na perspectiva do envelhecimento ativo, ou seja, com vistas ao reconhecimento dos direitos da pessoa idosa e dos princípios de independência, participação, dignidade e assistência.

A expectativa de vida dos brasileiros tem aumentado ao longo dos anos. De acordo com o último censo demográfico, o brasileiro vive, em média, até aos 75 anos. Com uma maior longevidade, a projeção é que a população idosa em 2025 seja o dobro da que existe hoje no país. Em Mato Grosso do Sul são mais de 305 mil idosos, o que corresponde a 11% da população do estado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

STJ
Confirmada indenização de R$ 450 mil para vigilante que ficou paraplégico após tiro acidental da polícia
DOURADOS
Se Justiça Eleitoral deferir, douradense terá a eleição com mais opções para prefeitura
ELEIÇÕES 2020
Câmara de Dourados deve ter concorrência superior a 14 candidatos por vaga
ISOLAMENTO
Engenheiro brasileiro enfrenta desafio em missão aeroespacial simulada
MATO GROSSO DO SUL
Equipamento que será usado para prevenir desabastecimento de água já está em Corumbá
PANDEMIA
Média de mortes por covid-19 no Brasil cai 10,35% em uma semana
FUTEBOL
Árbitros de MS são escalados para jogos do Brasileiro das séries C e D
BR-463
Trio é preso com caminhonete furtada a caminho do Paraguai
ELEIÇÕES 2020
Mauro Thronicke registra candidatura e os 7 apontados em convenções vão à disputa pela prefeitura
PANDEMIA
MS se aproxima de 68 mil casos e soma mais 15 mortes por Covid-19

Mais Lidas

POLÍCIA
Caminhoneiro de Dourados morre ao capotar na serra de Maracaju
PANDEMIA
Novo decreto diminui toque de recolher e libera venda de bebidas em bares até as 23h
PROSSEGUIR
Governo atualiza mapa da Covid e Dourados volta para "bandeira vermelha"
PONTA PORÃ
Polícia apreende comboio com contrabando avaliado em R$ 1 milhão