Menu
Busca segunda, 18 de outubro de 2021
(67) 99257-3397
CÂMARA DOS DEPUTADOS

Projeto obriga emissoras de rádio e TV a realizar debates entre candidatos

16 outubro 2020 - 17h05Por Da Redação

O Projeto de Lei 4912/20 obriga as emissoras de rádio e televisão a organizar e/ou transmitir debates eleitorais, assegurada a participação de todos os candidatos com registro válido. A proposta, dos deputados Luiza Erundina (Psol-SP) e Ivan Valente (Psol-SP), tramita na Câmara dos Deputados.

Atualmente, a Lei das Eleições faculta a transmissão por emissora de rádio ou televisão de debates sobre as eleições majoritária ou proporcional.

Erundina e Valente, no entanto, argumentam que tais eventos não têm recebido a mesma atenção que outras formas de informação sobre candidatos e suas propostas, como a propaganda eleitoral — tanto no rádio e na TV quanto nas redes sociais.

“Esse importante instrumento [o debate] tem sido alvo de descaso dos candidatos que lideram pesquisas eleitorais – e frequentemente tornam-se figuras ausentes – e das emissoras, que não demonstram empenho para que eles aconteçam”, afirmam no texto de justificativa do projeto.

Discussão política esvaziada
Na avaliação dos parlamentares, a não realização de debates acarreta o esvaziamento da discussão política a respeito dos projetos dos candidatos, com prejuízo para a democracia. Na propaganda em rádio e TV, continuam, é conveniente para o candidato se apresentar de forma artificialmente produzida e distante do contraditório com outros candidatos que possa revelar de maneira mais espontânea suas convicções.

“A existência de debate eleitoral reduz o grau de artificialismo e de excessiva publicidade de posts, blogs, sites, memes e perfis dos candidatos para acentuar o saudável confronto de ideais e propostas”, dizem ainda no texto que acompanha a proposição.

Candidatos ausentes
Ainda segundo o projeto, o debate deverá ser realizado mesmo sem a presença do candidato de algum partido, inclusive no segundo turno, desde que a ausência não seja motivada por justa causa a ser definida pela Justiça Eleitoral e o veículo de comunicação comprove havê-lo convidado pelo menos 72 horas antes da realização do debate.

A lei vigente admite a realização do debate sem a presença de candidato de algum partido se o veículo de comunicação responsável comprovar ter feito o convite com antecedência.

O projeto determina também que a Justiça Eleitoral estabelecerá previamente as datas e as regras dos debates eleitorais obrigatórios e os critérios para a distribuição das datas entre as respectivas emissoras e eventual junção ou formação de grupo único de emissoras.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Sequestro que durou 1 hora termina com dois presos e reféns liberadas
EMPREGO
Divulgada abertura de Seleção da Agepan e convocação da Ageprev
CORUMBÁ
Motorista de aplicativo é sequestrada durante roubo na fronteira
204 MIL VAGAS
IBGE cancela concurso para o Censo 2022 e diz que devolverá inscrição
REGIÃO
Dupla é detida após invadir fazenda e abater animal da propriedade
UEMS
Inscrições abertas: Concurso público para docente de Medicina
Aposentado vai consertar telhado após vendaval, cai e morre
CPI DA COVID
'Tudo que saiu na imprensa vou exigir que ele mantenha', diz Aziz
CAPITAL
Idoso encontrado morto e amarrado foi vítima de ataque há 1 ano
NÚMEROS DA PANDEMIA
Média de mortes por Covid completa uma semana abaixo de 400

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Bombeiros encontram mais três corpos e número de mortos em naufrágio chega a seis
ROMA I
Acusados de estupro, mãe de menor e jovem responderão processo em liberdade
DOURADOS
PMA prende e autua dois pescadores em R$ 2,6 mil
DOURADOS 
Cidade não tem desabrigados, mas tempestade afetou dezenas de casas na periferia