Menu
Busca terça, 04 de agosto de 2020
(67) 99659-5905
CÂMARA DE DOURADOS

Sem maioria na base, novo líder da prefeita prega intercâmbio "democrático e harmonioso"

14 julho 2020 - 09h07Por André Bento

Novo líder da prefeita Délia Razuk (PTB) na Câmara de Dourados, o vereador Maurício Lemes (PSB) prega a necessidade de um intercâmbio democrático e harmonioso entre Executivo e Legislativo. Sem maioria na base aliada, reconhece que a missão não será fácil, mas diz estar para os desafios que vierem.

A liderança do governo, assumida no lugar do colega de parlamento Alberto Alves dos Santos, o Bebeto (PTB), já começou a ser exercida na sessão ordinária de segunda-feira (13).

“Vamos tentar fazer intercâmbio entre Executivo e Legislativo de forma harmoniosa e democrática, para que as reivindicações da oposição possam ser entendidas da melhor forma pelo governo, assim como as decisões da base da prefeita possam caminhar de forma que a sociedade compreenda que são importantes”, afirmou ao Dourados News na manhã desta terça-feira (14).

Primeiro suplente da coligação “Compromisso de Verdade I” ao obter 1.927 votos nas eleições municipais de 2016, Maurício Lemes chegou à Casa de Leis em 9 de dezembro de 2018, no lugar de Idenor Machado (PSDB), votado por 2.042 eleitores, preso no dia 5 daquele mês acusado fraudes licitatórias na Operação Cifra Negra.

Depois, o socialista assumiu efetivamente uma das 19 cadeiras no Plenário do Palácio Jaguaribe em fevereiro de 2019, porque o então vereador Marçal Filho (PSDB), eleito deputado estadual em 2018, foi para a Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul.

Hoje líder de um governo que não tem maioria na Câmara, o vereador aponta ser fundamental fortalecer o diálogo.” O fato de não ser uma unanimidade, não ter uma base grande como era antigamente, faz a diversidade de opiniões e quem sai ganhando é a população”, avalia.

Um dos desafios já postos para o líder da prefeita no Legislativo é o Projeto de Lei Complementar nº 20/2020, por meio do qual Délia pede autorização para suspender o recolhimento das contribuições previdenciárias patronais do município, devida ao Regime Próprio de Previdência Social do Município de Dourados - PREVID, assim entendidas as contribuições de alíquota normal e os aportes para cobertura do déficit técnico atuarial, com vencimento entre 1º de março a 31 de dezembro de 2020. (saiba mais)

Assinado pela mandatária e pelo procurador-geral do município, Sérgio Henrique Pereira Martins de Araújo, sob a justificativa de queda de receitas devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), ele foi protocolizado na Casa de Leis em 16 de junho e será tema de audiência pública agendada para quinta-feira (16), às 18h.

“Sabemos que é uma questão sensível, mas não existe nenhum grande dano no sentido de tirar algo que não vai devolver. Também há um projeto do município que prevê leilão de vários imóveis públicos, e todo dinheiro arrecadado vai ser usado para quitar débitos com o Previd. Tem que ter discussão boa com vereadores e Previd para que tenhamos tranquilidade para votar”, ponderou. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

RIO NEGRO
Mulher é agredida ao pedir que netas parassem com som alto e bebedeira
RACHADINHAS
Procuradoria pede ao STJ que mande Fabrício Queiroz de volta à cadeia
PEDREIRO ASSASSINO
PM encontra com suspeito de estupro motocicleta de vítima de serial killer
JUSTIÇA
Ex-prefeito de Aquidauana é multado em R$ 13 mil por falta de transparência
BATAGUASSU
Polícia serra assoalho de veículo e encontra 108 quilos de maconha
UEMS
Inscrições abertas para seleção de docente Tradutor e Intérprete de Libras
POLÍTICA
Senador Nelsinho Trad conseguiu liberar R$ 59,4 milhões para MS em julho
NOVA ANDRADINA
Homem é preso por desacato e dirigir veículo sob influência do álcool
JUSTIÇA
TJ/MS lança Consulta Pública e declara aberto Planejamento Estratégico 2021-2026
INVESTIMENTO
Sanesul assina ordem de serviço para melhorias da rede de água em Aparecida do Taboado

Mais Lidas

TRÁFICO DE DROGAS
Força Aérea persegue pilotos que sobrevoavam MS com mais de 1 t de cocaína
DOURADOS
Quatro pessoas são presas acusadas de fazerem parte de facção criminosa
CORONAVÍRUS
Dourados confirma o 57º óbito e chega a 4.357 casos registrados desde o início da pandemia
DOURADOS
Condutor de veículo que atropelou ciclista e fugiu sem prestar socorro é identificado