Menu
Busca terça, 01 de dezembro de 2020
(67) 99659-5905
ELEIÇÕES 2020

“Não seremos apêndice de outros partidos”, diz Tereza Cristina sobre eleições

15 fevereiro 2020 - 11h17Por Adriano Moretto

A ministra da Agricultura Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, disse que o Democratas lançará candidatura própria nas principais cidades de Mato Grosso do Sul nas eleições de outubro próximo. Em Dourados para o encontro estadual da legenda na manhã deste sábado (15/2), ela também comentou sobre como a sigla se posicionará ao longo do ano. “Não seremos apêndice de nenhum partido”. 

À imprensa na Aced (Associação Comercial e Empresarial de Dourados) a deputada federal licenciada também falou em ‘força’ para que a recomendação nacional de buscar o maior número de candidaturas possíveis, seja cumprida no Estado. 

“O DEM com certeza vai ter um caminho importante, temos vice [vice-governador Murilo Zauith], deputados estaduais e a união dessas lideranças vai fazer o partido forte. Vamos lançar [candidatura] onde há possibilidade, política não se faz sozinho. Onde for viável, vamos ter candidato”, comentou.

Sobre o pleito em Dourados, Tereza Cristina disse que há conversas, porém, não adiantou sobre alianças. 

Questionada sobre a possibilidade de nova dobradinha com o PSDB, assim como ocorreu nas eleições de 2018 para o governo, ela se esquivou. 

Atualmente o DEM tem o deputado estadual Barbosinha como pré-candidato à prefeitura na cidade e, apesar dos rumores no passado apontarem para a possibilidade de uma nova parceria com os tucanos, o também deputado estadual Marçal Filho, é um dos nomes fortes daquele lado para entrar na disputa. 

“Como o presidente Bolsonaro fala, primeiro o Brasil. Ou seja, Deus e depois o Democratas. Aí nós vamos ver as alianças”, comentou fazendo um parâmetro da expressão "Brasil acima de tudo, Deus acima de todos" usada pelo presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido), com o Mato Grosso do Sul. “Hoje é o dia do partido conversar e se entender. Não só em relação ao deputado [Barbosinha], como também os outros prefeitos aqui candidatos à reeleição. É o Democratas mostrando sua força como antigamente. Isso mostra o tamanho que o partido possui hoje para termos um caminho próprio para sermos a primeira via, não terceira”, continuou.

Reuniões

Presidente do diretório municipal do DEM, Barbosinha relatou que o partido tem se reunido constantemente para iniciar a formação do time visando as eleições. Atualmente com quatro vereadores na Câmara de Dourados, a sigla tem a maior bancada da Casa. 

“Estamos conversando e a meta é eleger nesse ano o maior número possível de vereadores”, relatou. 

Já em relação a chegadas e prováveis saídas – como do vereador Alan Guedes e a provável de Cido Medeiros -, foi direto. “Espero que só chegue e ninguém saia”. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Menina de seis anos tem nariz reconstruído após levar tiro de fuzil
FRONTEIRA
Menina de seis anos tem nariz reconstruído após levar tiro de fuzil
STF
Nunes Marques adia decisão sobre bloqueio de perfis por Bolsonaro
CAPITAL
Para traficar drogas, homem escondia maconha no guarda-roupa de filhos
FÓRMULA 1
Pietro Fittipaldi substituirá Grosjean na Haas e Brasil volta a F-1
DENÚNCIA
Mulher é presa por deixar filhos sozinhos para consumir drogas
UEMS
Inscrições para Mestrado e Doutorado em Recursos Naturais terminam na quinta
Mulher é presa levando droga ao filho em preso em dobra de cobertor
BANDEIRA VERMELHA
Conta de luz voltará a ter taxa extra a partir de amanhã, e a mais cara
Jovem encontrado morto no rio Aquidauana tinha 21 anos
BALANÇO
Desmatamento na Amazônia cresce 9,5% em um ano, aponta Inpe

Mais Lidas

DOURADOS
Primeira noite com novo toque de recolher tem flagrante de festa com 119 adolescentes
DOURADOS
Decreto é republicado por incorreção, agora com brechas para esporte coletivo e boliche
DOURADOS
Homem é preso com arma após ex-namorada correr até viatura da PM e denunciar ameaça
POLICIAL
Criminoso imita abordagem de polícia para cometer roubo em Dourados