domingo, 14 de julho de 2024
Dourados
10ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
ASSEMBLEIA

Na Ordem do Dia, sete propostas devem ser analisadas nesta quarta

04 outubro 2017 - 09h32Por Redação

Os deputados nesta quarta-feira (4/10) devem apreciar sete matérias. Em redação final, o Projeto de Lei (PL) 227/2016, de autoria dos deputados Antonieta Amorim (PMDB), Angelo Guerreiro (PSDB), Beto Pereira (PSDB), João Grandão (PT) e Renato Câmara (PMDB), que determina o prazo máximo de 15 dias na marcação de exames para pessoas com mais de 60 anos nas Unidades de Saúde Públicas pertencentes ao Governo do Estado, a contar da data do pedido médico.

Em segunda discussão devem ser analisados o PL 150/2017, do deputado João Grandão que inclui no Calendário Oficial de Eventos do Estado, a Festa de São Cristovão, realizada anualmen, no último ou penúltimo domingo do mês de julho na Paróquia Santa Teresinha, no Município de Dourados. E o PL 187/2017, do Tribunal de Contas, que altera, acrescenta e revoga dispositivos da Lei 3.877, de 31 de março de 2010, que trata sobre a consolidação do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração do Quadro de Pessoal da instituição.

Ainda estão previstos, também em segunda discussão para serem apreciados pelos parlamentares, três projetos do Poder Executivo. O primeiro, o PL 214/2017, que altera a redação do artigo 1º da Lei 5.024, de 18 de julho de 2017, que autoriza o Poder Executivo Estadual a renegociar as operações de crédito firmadas com recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), ao amparo do artigo 2° da Lei Complementar Federal 156/2016.

O segundo o Projeto de Lei Complementar (PLC) 8/2017, que altera e acrescenta dispositivos à Lei Complementar 93, de 5 de novembro de 2001, que institui o Programa Estadual de Fomento à Industrialização, ao Trabalho, ao Emprego e à Renda (MS-Empreendedor). E o terceiro, o PL 225/2017, que propõe formas excepcionais de pagamento de débitos para com a Fazenda Pública Estadual. 

E ainda deve ser votado em primeira discussão pelos deputados, o PL 188/2017, de autoria do deputado Coronel David (PSC), que dispõe sobre o pagamento dos aparelhos de monitoramento eletrônico pelos próprios presos ou apenados.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Investimentos públicos potencializam turismo em Rio Verde
MS

Investimentos públicos potencializam turismo em Rio Verde

VIGILÂNCIA

Saúde recomenda atenção para casos de febre Oropouche no país

Eleições 2024: não deixe para a última hora o download do e-Título
ATENÇÃO CIDADÃO

Eleições 2024: não deixe para a última hora o download do e-Título

Idoso é preso por estupro de vulnerável na capital
CRIME

Idoso é preso por estupro de vulnerável na capital

ECA, 34 anos: proteção digital de crianças é principal desafio
DEBATE

ECA, 34 anos: proteção digital de crianças é principal desafio

TRÁFICO

Traficantes são presos com cocaína e maconha em Sonora

OPINIÃO

Sobre "roubo de joias" e outras coisas....

IMPASSE

Pacheco aponta resistência do mercado financeiro a projeto das dívidas estaduais

BRASIL

Câmara aprova definição do projeto marco legal de hidrogênio verde

ESPORTES

Seleção Sub-17 derrota Angola por 3 a 0 e decide título neste domingo

Mais Lidas

MS

Inscrições para o Curso de Libras EAD Nível I do 2º Semestre abrem dia 15 de julho

OPORTUNIDADE

Com recrutamento noturno, indústria abre 400 vagas de trabalho em Dourados

DOURADOS

Ministro admite atraso e prevê projeto de novo terminal do Aeroporto concluído até fim de julho

PREVISÃO

Mais frio: Inmet coloca Dourados em alerta para declínio de até 5ºC na temperatura