Menu
Busca sexta, 30 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
MUNDO

Melhor do mundo em 1995, George Weah é eleito presidente da Libéria

29 dezembro 2017 - 08h36Por Extra

Melhor jogador do planeta em 1995, George Weah foi eleito presidente da Libéria nesta quinta-feira, dia 28 de dezembro. Ele substituirá a vencedora do Prêmio Nobel da Paz Ellen Johnson Sirleaf como líder do país africano.

Com quase todas as urnas já apuradas, Weah alcançou 61,5% dos votos. Ele disputava o segundo turno do pleito com o candidato da situação e vice de Sirleaf, Joseph Boakai.

Weah foi o único africano a vencer o prêmio da Fifa de melhor do mundo e a Bola de Ouro, tendo atuado por clubes como o Monaco, o Paris Saint Germain e o Milan - no qual viveu o auge de sua carreira, entre 1995 e 2000.

Weah, de 51 anos, atua como senador para o opositor Congresso por Mudança Democrática desde 2015, após voltar ao país depois de uma carreira internacional no futebol e entrar na política. Como novato político em 2005, Weah perdeu para Johnson Sirleaf na eleição presidencial.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE PÚBLICA
Câncer de boca é o 5° de maior incidência entre homens de MS
CAMPO GRANDE
Ambiental é acionada após jovem encontrar filhotes de ema no próprio quintal
DOURADOS
Família mantém negócio de 20 anos para tirar um 'extra' no Dia de Finados
INTERNACIONAL
Forte terremoto atinge Mar Egeu, Turquia e Grécia
ARTIGO
O Verdadeiro Servidor Público
FUTEBOL DE BASE
Estadual Sub-19 começa neste final de semana
DOURADOS
Prefeitura agenda licitação para comprar materiais e iluminar a Hayel Bon Faker
PANDEMIA
Se aproximando de 82 mil casos, MS registra mais sete mortes por coronavírus
AVENIDA PRESIDENTE VARGAS
Titan com quase R$ 400 mil em multas é apreendida em Dourados
DOURADOS
Polícia fecha “boca” e prende traficante que quebrava lâmpadas e ameaçava moradores

Mais Lidas

PANDEMIA
Menino de 5 anos é a primeira criança a morrer de coronavírus em MS
BRASIL
Acusado de matar ator Rafael Miguel e os pais é preso no Paraná
VILA VARGAS
Hotéis em distrito de Dourados eram utilizados como entreposto do contrabando
DOURADOS
Funcionário do CCZ é agredido a pauladas durante trabalho de fiscalização