Menu
Busca terça, 21 de setembro de 2021
(67) 99257-3397
ELEIÇÕES 2014

Marina rebate críticas e diz que Dilma criou o 'bolsa banqueiro'

10 setembro 2014 - 09h43

A candidata do PSB à Presidência, Marina Silva, rebateu nesta terça-feira (9) críticas feitas pela campanha da presidente Dilma Rousseff, candidata à reeleição, contra suas propostas para a área econômica. Em visita a Betim (MG), na região metropolitana de Belo Horizonte, Marina disse que a petista criou em seu governo a "bolsa banqueiro", em referência aos gastos do governo com sucessivos aumentos na taxa de juros.

"Ela disse que ia ganhar, vai baixar os juros, e nunca os banqueiros ganharam tanto quanto no seu governo. E agora, eles que fizeram à bolsa empresário, a bolsa banqueiro, a bolsa juros altos, estão querendo nos acusar, de forma injusta, nos seus programas de TV e rádio", afirmou a candidata do PSB.

Desde que o PSB lançou a proposta de dar autonomia ao Banco Central – que estabelece a taxa básica de juros da economia, para controle da inflação – a campanha de Dilma tem dito que a medida seria um "perigo para o país". Peças da propaganda eleitoral lançadas na internet dizem que dar independência ao BC "é tirar do presidente da República e do Congresso Nacional, as decisões sobre a política econômica do país para entregá-las aos bancos".

O programa de Marina, lançado no fim de agosto, diz que a independência do BC permitirá ao órgão "praticar a política monetária necessária ao controle da inflação". "Como em todos os países que adotam o regime de metas, haverá regras definidas, acordadas em lei, estabelecendo mandato fixo para o presidente, normas para sua nomeação e a de diretores, regras de destituição de membros da diretoria, dentre outras deliberações", diz o texto.

Mais tarde, durante entrevista à imprensa em Belo Horizonte, Marina classificou de "leviana" a acusação de que entregaria o país a banqueiros. Ela disse que, enquanto no governo de Fernando Henrique Cardoso (1995-2002), os bancos lucraram R$ 31 bilhões, no governo de Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2010), os lucros subiram para R$ 199,46 bilhões "e mais ainda que já foram entregues aos bancos".

"O próprio presidente Lula é quem vai falar porque foi ele que disse 'não tem nenhum lugar do mundo em que o Santander esteja ganhando mais que no Brasil. Aqui, ele ganha mais do que em Nova Iorque, em Londres, em Paris, Pequim, Madri, Barcelona'. Lula disse isso em 27 de julho de 2014. Ele mesmo é que está sendo pego pelas suas próprias palavras", disse.

Pela manhã, Marina comentou recentes escândalos envolvendo a Petrobras e disse que Dilma trocou cargos na estatal pelo tempo de TV de seus partidos aliados. A declaração foi dada em um discurso na Praça da Estação, no centro de Belo Horizonte, onde dezenas de militantes acompanharam a fala da presidenciável do PSB. (G1)

Deixe seu Comentário

Leia Também

"Dia da criança feliz", Ong arrecada doações para ação social no modo drive-thru
DOURADOS
"Dia da criança feliz", Ong arrecada doações para ação social no modo drive-thru
Após denúncia, aposentado é autuado por incêndio em frente residência
REGIÃO
Após denúncia, aposentado é autuado por incêndio em frente residência
Ladrões invadem residência e levam 19 mil reais
DOURADOS
Ladrões invadem residência e levam 19 mil reais
INTERNACIONAL
Conselho do Golfo decide não impor salvaguarda sobre importação de aço
Festa clandestina em distrito é encerrada pela polícia
REGIÃO
Festa clandestina em distrito é encerrada pela polícia
REGIÃO
Traficante tenta transportar droga em bolsas e acaba preso em Ponta Porã
INCLUSÃO
Dourados realiza "I Semana Municipal da Pessoa Surda: Cultura e Diversidade"
FIM DA FILA
"Opera MS" deve começar em outubro com R$ 140 milhões para exames e cirurgias eletivas
TURISMO
Companhia aérea terá três voos diretos saindo de MS com destino ao Nordeste
SOLENIDADE
Duas viaturas e quatro motos são entregues para a PM em Dourados

Mais Lidas

DOURADOS
'Buguinha' é presa e diz que matou caseiro por legítima defesa
EVENTO CLANDESTINO
PM encerra festa com pelo menos 2 mil pessoas em Dourados
DOURADOS
Envolvida em execução de detetive é presa novamente em Dourados
LOTERIA
Douradense fatura R$ 31 mil ao acertar na quina