segunda, 15 de julho de 2024
Dourados
10ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
GENEBRA

Lula tem evento da OIT e festa de 35 anos de livro de Paulo Coelho

13 junho 2024 - 06h37Por G 1

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva inicia nesta quinta-feira, dia 13 de junho, seu giro pela Europa com compromissos na cidade suíça de Genebra. Ele participa de um evento da Organização Internacional do Trabalho (OIT) e de uma celebração dos 35 anos do livro "O Alquimista", do escritor Paulo Coelho, que estará presente.

A OIT, um braço da Organização das Nações Unidas (ONU), vai realizar a 112ª Conferência Internacional do Trabalho. A cúpula visa promover o trabalho digno e os direitos humanos no mundo.

No ano passado, o Brasil registrou o maior número de denúncias de trabalho escravo e análogo à escravidão da história: 3.422 denúncias. O número de pessoas resgatadas também foi o maior em 14 anos: 3.151 pessoas. A maior parte dos regastes foram feitos na região Sudeste.

Antes da OIT, ainda no hotel, o presidente petista se reúne com o presidente da confederação Suíça, Viola Amherd. Já no local do evento, Lula tem um encontro marcado com Gilbert Houngbo, diretor-geral da OIT.

A expectativa é que presidente discurse no Fórum Inaugural da Coalizão para Justiça Social da OIT. Segundo o Ministério de Relações Exteriores, Lula foi convidado para ser "copresidente" da coalizão.

Após a conferência, o presidente marca presença na residência oficial do representante permanente do Brasil junto às Nações Unidas, embaixador Tovar da Silva Nunes. Junto da primeira-dama Janja e do embaixador, Lula participará de uma cerimônia em comemoração os 35 anos da obra "O Alquimista", do escritor brasileiro Paulo Coelho.

Ainda nesta quinta, segundo o Planalto, o presidente Lula segue para Plugia, na Itália, sede do encontro de líderes do G7. O grupo reúne Estados Unidos, Reino Unido, Canadá, França, Alemanha, Itália, Japão e União Europeia. O Brasil participará como convidado. É a sétima vez na história que o presidente Lula é convidado para reunião.

A ida de Lula para a Europa ocorre dias depois de a extrema direita aumentar participação no Parlamento Europeu. A contenção desse espectro da política, tanto no cenário externo quanto no interno, é uma preocupação do presidente.

Deixe seu Comentário

Leia Também

IVINHEMA

Mulher denuncia ex-marido e atual companheira por importunação

RURAL

BNDES vai disponibilizar R$ 66,5 bilhões para o Plano Safra

AQUIDAUANA

Jovem ferido se esconde de bombeiros que tentavam socorrê-lo

Primeiras notas do real vão sair de circulação; entenda por quê
ECONOMIA

Primeiras notas do real vão sair de circulação; entenda por quê

Motociclista morre dois meses após ser atingido por veículo

POLÍTICA

Brasil chama embaixador na Argentina para consultas sobre Milei

Motorista que atropelou e matou motociclista é condenado

JUDICIÁRIO

Abin Paralela: Moraes retira sigilo de áudio de conversa de Bolsonaro

PORTO MURTINHO

Secretária de finanças é indiciada por simular sequestro para dar golpe

EDUCAÇÃO

Ex-alunos da UFGD têm oportunidade de voltar para a faculdade

Mais Lidas

ABUSO SEXUAL

Homem é preso em flagrante acusado de estuprar sobrinha em Dourados

OPORTUNIDADE

Com recrutamento noturno, indústria abre 400 vagas de trabalho em Dourados

MS

Inscrições para o Curso de Libras EAD Nível I do 2º Semestre abrem dia 15 de julho

DOURADOS

Ministro admite atraso e prevê projeto de novo terminal do Aeroporto concluído até fim de julho