Menu
Busca quarta, 30 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
CORUMBÁ

Irmão de prefeito agride assessor de deputada em jogo de futebol

28 janeiro 2020 - 07h41Por Da Redação

O irmão do prefeito de Corumbá, Marcelo Iunes (PSDB), agrediu no último domingo, dia 26 de janeiro, um dos assessores da deputada federal Bia Cavassa no estádio Arthur Marinho, onde Corumbaense e Maracaju estreavam no Campeonato Estadual 2020. A situação fez com que a parlamentar emitisse uma nota de repúdio em seu perfil no Facebook.

De acordo com o apurado pelo site Midiamax, o assessor acompanhava tranquilamente a partida na arquibancada do estádio quando Márcio Iunes se aproximou e disse que precisava ter uma conversa de “homem para homem” com ele.

Em seguida, Márcio desferiu um soco no braço do assessor. A situação foi vista por várias pessoas no local, que se indignaram com a agressão. O irmão de Marcelo Iunes seria um dos responsáveis pela administração do Corumbaense em 2020. A equipe iniciou o campeonato perdendo por 1 a 0 para o recém promovido Maracaju.

Porém, o motivo da agressão não teria ligação com futebol e sim com a política local, acirrada com a movimentação eleitoral para o pleito em outubro. Marcelo e Bia estão no mesmo partido, o PSDB, mas existe a possibilidade de Cavassa apoiar outro nome para a prefeitura, ou mesmo trocar de partido e concorrer ao cargo.

Iunes era vice de Ruiter Cunha, eleito em 2016, mas falecido em 2017 após sofrer uma aneurisma abdominal. Assim, Iunes assumiu o cargo e, desde então, se envolveu em diversas polêmicas, como a nomeação de vários familiares em cargos técnicos e de confiança, além de contratar o próprio laboratório para prestação de serviços a prefeitura.

Bia, viúva de Ruiter, inicialmente fez parte da base de apoio à Iunes. Contudo, com o decorrer dos anos, a relação política entre os grupos de ambos esfriou e rusgas começaram a acontecer. Segundo fontes ouvidas pela reportagem, os nervos à flor da pele podem ser reação a uma possível derrota à vista de Marcelo Iunes nas urnas.

Desde novembro de 2018, Márcio Aguilar Iunes recebe mensalmente salário de R$ 10.413,43 do Governo do Estado por estar nomeado como assessor, com cargo para direção superior e assessoramento, de acordo com o site da Transparência.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LEGISLATIVO
Celulares apreendidos em presídios poderão ser destinados à Rede Estadual de Ensino
DOURADOS
Câmara participa de prestação de contas da Gestão Fiscal do 2º quadrimestre
POLÍCIA MILITAR
Dois homens são presos por descumprir regras para o uso de tornozeleira eletrônica
ECONOMIA
Número de empregados com carteira chega a menor nível desde 2012
R$ 3 MIL
Empresa é multada por transporte ilegal de sucatas de baterias
PANDEMIA
Dourados registra morte por coronavírus pelo terceiro dia seguido e chega a 96 óbitos
INTERNACIONAL
Cartunista argentino e criador da Mafalda, Quino morre aos 88 anos
SISTEMA DE SAÚDE
Macroregião de Campo Grande tem 77% dos leitos ocupados
FUTEBOL
São Paulo visita River em jogo decisivo para seguir na Libertadores
LEGISLATIVO
Deputados aprovam ocorrência de estado de calamidade em Coronel Sapucaia

Mais Lidas

REGIÃO
Homem que disse ter encontrado mulher morta volta atrás e confessa feminicídio
LAGUNA CARAPÃ
Homem sente falta de esposa, vai procurar e a encontra morta em poço
DOURADOS
Disputa pela prefeitura tem dois milionários e total de bens chega a R$ 13 milhões
CAPITAN BADO
Ataque de pistoleiros a veículo deixa dois mortos na fronteira