segunda, 27 de maio de 2024
Dourados
13ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
BRASIL

Governo propõe aumento de 13% a 31% a professores até 2026

15 maio 2024 - 20h35Por Redação

Em greve há um mês, os professores de universidades e colégios federais receberam uma proposta de aumento de 13,3% a 31% até 2026. No entanto, os aumentos só começariam em 2025.

Os índices de reajustes deixarão de ser unificados e variarão com base na categoria. Os que ganham mais terão o aumento mínimo de 13,3%. Quem recebe menos ganhará o reajuste máximo de 31%. Segundo o Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes), essa é a última oferta do Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos (MGI) aos professores de ensino superior.

Com o reajuste linear de 9% concedido ao funcionalismo federal em 2023, o aumento total, informou o MGI, ficará entre 23% e 43% no acumulado de quatro anos. A pasta ressaltou que o governo melhorou a oferta em todos os cenários e que os professores terão aumento acima da inflação estimada em 15% entre 2023 e 2026.

A proposta anterior previa reajuste zero em 2024, 9% em 2025 e 3,5% em 2026. Somado ao reajuste linear de 9% concedido ao funcionalismo federal no ano passado, o aumento total chegaria a 21,5% no acumulado de quatro anos.

Com a proposta em mãos, o Andes fará novas rodadas de assembleias para definir a resposta a ser dada até o próximo dia 27. Originalmente, os professores esperam contraproposta à reinvindicação de reajuste salarial de 22,71%, com pagamento ainda no segundo semestre deste ano.

Os professores querem também que o governo recomponha o orçamento das universidades federais e revogue normas que prejudicam a carreira docente, baixadas no governo anterior. Na terça-feira (21), o MGI se reunirá com os técnicos administrativos das instituições de ensino superior, que estão em greve desde o início de março, para apresentar uma proposta.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Moraes nega recurso de Bolsonaro contra inelegibilidade

Moraes nega recurso de Bolsonaro contra inelegibilidade

DIREITOS HUMANOS

Brasília recebe primeira Parada do Orgulho da Pessoa com Deficiência

CAMPO GRANDE

Homem é espancado e jogado em buraco durante roubo de carro

Polícia aprende quase 2t de maconha após perseguição
ITAQUIRAÍ

Polícia aprende quase 2t de maconha após perseguição

Caixa Econômica Federal abre edital com vagas para estagiários em MS
OPORTUNIDADE

Caixa Econômica Federal abre edital com vagas para estagiários em MS

TÊNIS DE MESA

Hugo Calderano conquista título do WTT Contender Rio

ALERTA

Com fim de semana de trégua, chuva deve voltar ao RS nesta segunda

ENCHENTES

MS Pela Vida: doações ao povo gaúcho aproximam sul-mato-grossenses de quem perdeu tudo

ESPORTE

Brasil enfrenta Cuba, Croácia e Tailândia na primeira fase da Copa do Mundo de Futsal

MS-164

DOF apreende Renault Sandero com 1.250 pacotes de cigarros contrabandeados

Mais Lidas

DOURADOS

Homem é preso por importunação sexual após acariciar mulheres

TENTATIVA DE FEMINICÍDIO

Morador de Dourados atira contra esposa durante discussão

EVENTO

Costelão Jurídico da OAB Dourados será neste sábado no CTG

REGIÃO 

Empresários são detidos por desvio de energia elétrica após operação do SIG