terça, 24 de maio de 2022
São Paulo
23°max
11°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
LEGISLATIVO

Governo do Estado propõe alteração na lei que qualifica organizações sociais

09 setembro 2021 - 11h13Por Da Redação

Começou a tramitar nesta quinta-feira (9), na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS), o Projeto de Lei 262/2021, que altera e acrescenta dispositivos à Lei 4.698, de 20 de julho de 2015, que regulamenta os requisitos de que trata o artigo 8º da Lei 4.640, de 24 de dezembro de 2014. A matéria segue agora para análise da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR).

A Lei 4.698 dispõe sobre a regulamentação dos requisitos para qualificação das pessoas jurídicas de direito privado, sem fins lucrativos, e organizações sociais, cujas atividades sejam dirigidas à pesquisa cientifica, ao desenvolvimento tecnológico, à proteção e à preservação do meio ambiente, à cultura, à saúde, à assistência social e ao atendimento à produção e à agricultura familiar, com o objetivo de  estabelecer parcerias para prestação de serviços públicos afetos às áreas mencionadas.

Decorridos seis anos da sanção da lei, os gestores públicos constataram a necessidade de algumas mudanças nos dispositivos, visando a segurança e o atendimento das exigências dos órgãos de controle externo. As principais alterações referem-se aos limites de gastos com a remuneração dos membros da diretoria e à inserção de previsão de execução de despesas.

A proposta ainda insere vedações à celebração de contrato com organização que esteja omissa no dever de prestar contas ou com entidade de cônjuges, companheiro ou parente consanguíneo (até terceiro grau) de agentes ocupantes de determinados cargos ou funções no Estado.

O projeto determina também a competência do signatário do contrato de gestão de cientificar o Tribunal de Contas e a Assembleia Legislativa de qualquer irregularidade apurada pelos responsáveis de fiscalização da execução e utilização dos recursos públicos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Grávida morta com tiro na cabeça morreu ao tentar proteger um irmão
CAARAPÓ

Grávida morta com tiro na cabeça morreu ao tentar proteger um irmão

Lira tira deputado crítico de Bolsonaro, da vice-presidência da Câmara
CONGRESSO

Lira tira deputado crítico de Bolsonaro, da vice-presidência da Câmara

IVINHEMA

Mensagem sobre massacre viraliza entre alunos e causa pânico em escola

BRASIL

Governo anuncia corte no imposto de importação de arroz, feijão e carne

Após acidente, motociclista quase teve cabeça esmagada por ônibus

FUTEBOL

Procuradoria do STJD denuncia Cruzeiro e Grêmio por cantos homofóbicos

FRONTEIRA

Corpo encontrado no Paraguai é de jovem de Coronel Sapucaia

UEMS

Dourados sedia Congresso Nacional Estudos Linguísticos e Literários 

RIO BRILHANTE 

Homem que matou um e feriu outro é condenado a 25 anos de prisão

BOA SORTE

+Milionária: como apostar na nova loteria, que estreia no sábado

Mais Lidas

DOURADOS/ITAPORÃ

Ciclista morre atropelado na MS-156 e motorista foge

MS

Jovens escapam de sequestro após bandido acidentar carro

DOURADOS

Vítima de atropelamento na MS-156 tinha 21 anos e morava na Reserva Indígena  

REGIÃO

Mulher grávida morre após ser baleada em Caarapó