segunda, 27 de maio de 2024
Dourados
13ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
SUS

Geraldo Resende pede apuração sobre gestão de recursos na saúde de Nova Andradina

15 maio 2024 - 09h53Por Da Redação

Em mais um gesto de comprometimento com a saúde pública e os direitos dos cidadãos de Mato Grosso do Sul, o Deputado Federal Geraldo Resende (PSDB/MS) encaminhou uma representação ao Ministério Público do Estado (MP/MS), para solicitar a abertura de um inquérito civil para investigar a gestão de recursos na área da saúde no município de Nova Andradina.

No documento endereçado ao Grupo de Atuação Especial de Defesa da Saúde (GAEDS) e ao Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça dos Direitos Constitucionais do Cidadão, dos Direitos Humanos e das Pessoas com Deficiência (CAODH), o parlamentar expressou sua preocupação com a situação precária da saúde pública na região, apontando para uma possível falta de eficiência na aplicação dos recursos destinados ao setor.

Resende ressaltou a importância do pleno funcionamento do Sistema Único de Saúde (SUS), destacando que todos os municípios têm a responsabilidade de contribuir para que o sistema cumpra sua missão de forma integral. No entanto, ele apontou graves problemas na gestão da saúde em Nova Andradina, citando a não conclusão de obras e a má utilização de recursos destinados à saúde pública.

O deputado destacou que, apesar dos vultuosos recursos destinados ao município nos últimos anos, diversas obras ainda não foram concluídas, o que tem prejudicado o atendimento à população. Além disso, também ressaltou que os equipamentos hospitalares adquiridos foram armazenados ou deixados ao relento, resultando em prejuízos para os usuários do SUS.

É importante salientar que os recursos destinados já fazem mais de 10 anos e até agora não foram utilizados devido à irresponsabilidade dos últimos gestores municipais. O parlamentar também ressaltou que, durante sua gestão na Secretaria de Estado de Saúde, houve um aumento significativo nos repasses de recursos para a região. Em 2023, foram destinados mais de R$ 22 milhões para a saúde de Nova Andradina.

No inquérito protocolado pelo deputado Geraldo Resende, ele cita a destinação de recursos para obras importantes que, pelo tempo já decorrido, deveriam estar concluídas, são elas:

Ampliação de Unidade de Cuidados Intermediários Neonatal Convencional (UCINCO) com a implantação de 13 novos leitos. Implantação de Infraestrutura hospitalar. R$ 440.000,00 (quatrocentos e quarenta mil reais);

Ampliação de Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN) com a implantação de nove novos leitos. Implantação de Infraestrutura hospitalar. R$ 440.000,00 (quatrocentos e quarenta mil reais);

Construção do Banco de Leite e salas de exames do Hospital Regional. R$ 900.000,00 (novecentos mil reais);

Construção do Centro de Diagnóstico, junto ao Hospital Regional: realizará os exames de Ressonância Nuclear Magnética, de raio X, tomografia computadorizada e ultrassonografia. R$ 1.300.000,00 (um milhão e trezentos mil reais).

O total dos recursos destinados ainda não convertidos em ações e serviços de saúde pública, conforme determina a Constituição Federal, soma R$ 3.080.000,00, valores de 2014 que, conforme a correção monetária atual feita pelo índice IGP-M (FGV) chega a R$ 6.184.577,17.

Diante dessa situação alarmante, o deputado Geraldo Resende solicita a instauração de um inquérito civil para apurar as possíveis responsabilidades dos gestores municipais. Ele enfatizou a urgência dessa investigação, visando garantir a saúde e a vida das pessoas que dependem do sistema de saúde público.

O deputado cerrou a representação, reiterando seu respeito pelos direitos humanos e pela saúde pública, destacando seu compromisso em defesa das mulheres, gestantes e crianças. Ele expressou sua confiança na atuação do Ministério Público para garantir que as irregularidades apontadas sejam devidamente investigadas e corrigidas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Moraes nega recurso de Bolsonaro contra inelegibilidade

Moraes nega recurso de Bolsonaro contra inelegibilidade

DIREITOS HUMANOS

Brasília recebe primeira Parada do Orgulho da Pessoa com Deficiência

CAMPO GRANDE

Homem é espancado e jogado em buraco durante roubo de carro

Polícia aprende quase 2t de maconha após perseguição
ITAQUIRAÍ

Polícia aprende quase 2t de maconha após perseguição

Caixa Econômica Federal abre edital com vagas para estagiários em MS
OPORTUNIDADE

Caixa Econômica Federal abre edital com vagas para estagiários em MS

TÊNIS DE MESA

Hugo Calderano conquista título do WTT Contender Rio

ALERTA

Com fim de semana de trégua, chuva deve voltar ao RS nesta segunda

ENCHENTES

MS Pela Vida: doações ao povo gaúcho aproximam sul-mato-grossenses de quem perdeu tudo

ESPORTE

Brasil enfrenta Cuba, Croácia e Tailândia na primeira fase da Copa do Mundo de Futsal

MS-164

DOF apreende Renault Sandero com 1.250 pacotes de cigarros contrabandeados

Mais Lidas

DOURADOS

Homem é preso por importunação sexual após acariciar mulheres

TENTATIVA DE FEMINICÍDIO

Morador de Dourados atira contra esposa durante discussão

EVENTO

Costelão Jurídico da OAB Dourados será neste sábado no CTG

REGIÃO 

Empresários são detidos por desvio de energia elétrica após operação do SIG