sexta, 14 de junho de 2024
Dourados
17ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
SAÚDE

Geraldo e Estado entregam empenho de R$ 14 milhões para construção de hospital na Capital

10 junho 2024 - 17h05Por Da Redação

Em uma celebração marcante que coincidiu com o 57º aniversário da APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) de Campo Grande, o deputado federal Geraldo Resende (PSDB/MS) e o Governo do Estado oficializaram o pagamento do empenho de R$ 14 milhões destinados à construção do Hospital da Criança e do Adolescente com Deficiência. Este valor é fruto de uma emenda parlamentar do deputado Resende, que alocou R$ 7 milhões, complementados por uma contrapartida de igual valor do Governo do Estado.

Durante a cerimônia, realizada no local onde o hospital será construído — entre as ruas Chile e Estevão Capriata, atualmente ocupado pelo estacionamento da sede da APAE —, o deputado Geraldo Resende reafirmou seu compromisso com o terceiro setor. “Estou cumprindo meus compromissos e estou devotado ao terceiro setor”, declarou o deputado, visivelmente emocionado. Ele garantiu que continuará trabalhando incansavelmente para que o Mato Grosso do Sul se torne referência em atendimento a pessoas com deficiência.

Somente em 2024, o deputado Geraldo Resende assegurou mais de R$ 30 milhões em recursos destinados ao terceiro setor, beneficiando entidades que atendem pessoas com deficiência intelectual, física, visual, bem como outras organizações filantrópicas, como asilos para idosos.

A construção do Hospital da Criança e do Adolescente com Deficiência representa um avanço crucial para a saúde pública do estado. Um hospital público exclusivo para pessoas com deficiência é de extrema importância, pois oferece atendimento especializado e adequado às necessidades específicas desse público, garantindo um cuidado mais humanizado e eficiente. A falta de tais serviços pode levar a atrasos no diagnóstico e tratamento, comprometendo a qualidade de vida dos pacientes e de suas famílias.
 
 “Fico feliz por estar aqui neste evento, que é parte de um projeto sensível para a inclusão, cuidado e respeito. E temos que garantir essa inclusão em todos os aspectos”, disse a primeira dama do Estado, Mônica Riedel. Ela ressaltou os pilares do Governo do Estado que é uma gestão inclusiva, acessível, digital, moderna e inovadora.

Este hospital será essencial para proporcionar um ambiente onde as crianças e adolescentes com deficiência possam receber cuidados médicos integrados, incluindo reabilitação, suporte psicológico e acompanhamento contínuo, fundamentais para seu desenvolvimento e inclusão social.

“Nosso objetivo é ajudar o Estado a diminuir a fila das pessoas que precisam de cirurgias. Não é que o Estado não tenha condições, é que existem nos hospitais de urgência e emergência muitas (vítimas de) acidentes, muitos de motos. Então, nós vamos trabalhar somente com cirurgias eletivas, focar nesse público que tem necessidade”, destacou presidente da APAE de  Campo Grande, Luiz Cesar Nocera. 

A cerimônia contou com a presença de várias autoridades, entre elas, a primeira-dama do estado, Mônica Riedel; a secretária adjunta da Secretaria Estadual de Saúde, Cristina Maimone; o deputado federal Beto Pereira (PSDB/MS); o deputado estadual Junior Mochi (MDB/MS); Telma Nantes, subsecretária de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência da Secretária Estadual de Saúde; a secretária de Saúde de Campo Grande, Rosana Leite; além de vereadores de Campo Grande e outras autoridades importantes.

Este hospital representa um avanço significativo na oferta de cuidados especializados e inclusivos para crianças e adolescentes com deficiência no Mato Grosso do Sul, consolidando o compromissos feitos pelo deputado Geraldo Resende e do Governo do  Estado em promover saúde e bem-estar para todos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AQUIDAUANA

Ladrão invade casa, agride e amarra moradora durante roubo

POLÍTICA

Manifestantes vão às ruas contra PL que equipara aborto a homicídio

BONITO

Com carro furtado, motorista é parado a tiros ao tentar fugir da PM

SALÁRIO DE R$ 7,1 MIL

TJ/MS divulga gabarito oficial e resultado preliminar de concurso

Familiares pedem ajuda para encontrar Marcos Brandão que desaparecido
ORLA MORENA

Familiares pedem ajuda para encontrar Marcos Brandão que desaparecido

ACABOU A FERVURA?

El Niño chega ao fim, mas La Niña vem aí; saiba o que espera

Trabalhador fica ferido após cair em poço de cerca de seis metros

REPATRIADOS

Brasil vai receber da Suíça R$ 155 milhões recuperados de corrupção

CAMPO GRANDE

Homem é preso após fugir com filho e ameaçar atear fogo na casa da ex

JUDICIÁRIO

STJ anula provas contra dois investigados pela Lava Jato

Mais Lidas

HOMICÍDIO 

Douradense é encontrado morto com mãos e pés amarrados no interior do MT

DOURADOS

Interno é encontrado morto de joelhos na PED e caso é investigado

DECISÃO

Mesmo sem duplicação de pontos críticos, pedágios da BR-163 aumentam a partir desta sexta-feira

VENDA DE ALIMENTOS

Ministério Público pede fechamento de cantinas em presídios de MS