Menu
Busca quinta, 26 de novembro de 2020
(67) 99659-5905
VITÓRIA

Frente Parlamentar comemora Fundo do Idoso e Jogos da Melhor Idade

29 setembro 2017 - 10h37

Uma grande vitória. Há mais de 20 anos o Conselho Estadual, as instituições, a comunidade em geral tem lutado para que possa ter um fundo do idoso. Uma conquista histórica porque nós teremos dois momentos na defesa dos direitos da pessoa idosa, um antes do fundo e outro após sua criação”, afirmou o deputado estadual Renato Câmara (PMDB) durante a reunião da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, nesta quinta-feira (28), à tarde, no Plenarinho Deputado Nelito Câmara da Assembleia Legislativa.

O Projeto de Lei 222/2017 de criação do FEDPI (Fundo Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa) foi entregue à Assembleia Legislativa na terça-feira, em solenidade na Governadoria. O projeto, do Poder Executivo, tramita agora na Assembleia Legislativa. O fundo foi um pedido da Frente Parlamentar. O objetivo é financiar programas e ações relativas aos idosos, com vistas a assegurar os seus direitos sociais e criar condições para promover sua autonomia, integração e participação efetiva na sociedade.

“O fundo nos dará possibilidades de fazer uma interferência mais profunda e atuante, porque teremos o financiamento de ações e condições de promover debates e assim fortalecer as entidades e sem dúvida nenhuma o idoso que vai ganhar com isso", comemora Renato, que é o coordenador da frente do idoso.

Jogos

A frente também comemorou a realização dos Jogos Estaduais da Melhor Idade que acontecerão em Campo Grande, de 28 de novembro a 1º de dezembro. Serão dez modalidades disputadas por 19 municípios inscritos na competição. "Depois de três anos sem acontecer os jogos, temos em torno de 750 participantes entre atletas e dirigentes", destacou a diretora-geral dos Jogos da Melhor Idade da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte), Karina Quaini.

"Para alguns pode parecer sem importância, mas foi uma ótima notícia a retomada dos jogos estaduais. E nós temos a certeza de que vamos realizar um sonho para a terceira idade, deixando-os felizes", afirmou o deputado João Grandão (PT), membro da Frente Parlamentar.

Também foi destaque da reunião a apresentação pelo presidente do Conselho Estadual do Idoso, João Neto, da ação alusiva ao Dia Internacional do Idoso que será realizado na Praça do Ary Coelho, na capital, em comemoração a Semana Estadual do Idoso em Mato Grosso do Sul, de acordo com a Lei 4,796/2015. Estão previstas as atividades de teatro, música, dança e artesanato, das 8h às 11h, no dia 30 de setembro, próximo sábado. "É uma satisfação poder falar aqui. Um espaço que estamos tendo voz. É importante a nossa participação", reforçou Neto.

Ainda, foi apresentada e debatida a proposta que institui o mês de enfrentamento contra a pessoa idosa em Mato Grosso do Sul. A próxima reunião ficou agendada para o dia 31 de outubro, no Plenarinho Deputado Nelito Câmara. (Por Juliana Turatti, com edição).

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

SÃO GABRIEL
Jovem é presa ao pedir carona para transportar mochila com cocaína
CÓDIGO PENAL
Senado Federal aprova pena maior para crimes de racismo e homofobia
OPERAÇÃO SPARTACUS
Exército prende 2 pessoas, apreende 57 armas e 25 mil munições
POLÍTICA
Bolsonaro edita MP que isenta conta de luz para moradores do Amapá
NOVA ANDRADINA
Polícia Civil destrói 822 quilos de drogas no Vale do Ivinhema
REGIÃO
Startup-se Bioeconomia reúne jovens para identificar oportunidades
CAPITAL
Dependendo de moto para trabalhar, família tem veículo furtado
JUDICIÁRIO
STF adia decisão sobre remarcação de concursos por crença religiosa
Sobe para 41 o número de mortos em acidente no interior de São Paulo
UEMS
Thiago, de 21 anos, pesquisa as potencialidades da Guabiroba-verde

Mais Lidas

VIOLÊNCIA
Mulher esfaqueia ex após discussão em hotel no Centro de Dourados
DOURADOS 
Foragido, autor de homicídio condenado a 16 anos é preso no Novo Horizonte
CRIME BÁRBARO
Suspeita de esquartejar e colocar corpo de namorado em malas se entrega à polícia
IMPROBIDADE
Caso de vereador que perdeu mandato em Dourados tem desfecho no STJ