Menu
Busca sábado, 28 de março de 2020
(67) 9860-3221
MUNDO

EUA acusam Maduro de 'narcoterrorismo' e oferecem US$ 15 mi de recompensa

26 março 2020 - 18h50Por G 1

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos apresentou acusações criminais contra o presidente Nicolás Maduro e outras autoridades venezuelanas nesta quinta-feira, dia 26 de março, relacionadas a envolvimento com narcotráfico. O Departamento de Estado norte-americano ofereceu uma recompensa de US$ 15 milhões por informações que levem à captura do líder chavista.

Eles são acusados de "terem participado de uma associação criminosa que envolve uma organização terrorista extremamente violenta, as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), e de um esforço para inundar os Estados Unidos com cocaína", afirmou o procurador-geral norte-americano William Barr.

A acusação é uma ação rara dos Estados Unidos contra um chefe de Estado e marca uma grave escalada contra Maduro por Washington, num momento em que algumas autoridades norte-americanas apontam que o presidente Donald Trump está cada vez mais frustrado com os resultados de sua política na Venezuela.

Maduro rejeitou as acusações. "Há uma conspiração dos Estados Unidos e da Colômbia e eles deram a ordem de encher a Venezuela de violência", disse no Twitter. "Como chefe de Estado, sou obrigado a defender a paz e a estabilidade em toda a pátria, sob quaisquer circunstâncias".

Levante frustrado

Os Estados Unidos e dezenas de outros países reconheceram o líder da oposição Juan Guaidó como presidente legítimo do país. Mas Maduro permaneceu no poder, apoiado pelas forças armadas do país e por Rússia, China e Cuba.

As autoridades americanas acusam Maduro e seus associados há muito tempo de administrar um "estado de narcotráfico", dizendo que usaram recursos do tráfico de drogas para compensar a perda de receita do setor petrolífero, sancionado pelos Estados Unidos.

A acusação contra Maduro e outras autoridades alega que eles conspiram com o grupo guerrilheiro colombiano Farc para enviar grandes quantidades de cocaína para os Estados Unidos e outros países.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
3.477 foram infectados e 93 pessoas morreram no Brasil, dizem estados
Educação
Cursos profissionalizantes oferecidos em abril em dourados
DOURADOS
Briga de vizinhos acaba na delegacia
BRASIL
Mega-Sena sorteará hoje prêmio de R$ 2,5 milhões
MS
Nota Premiada sorteia R$ 200 mil neste sábado
Covid-19
Dourados fica sem voos comerciais a partir deste sábado
COVID-19
Estado de São Paulo registra 10 mortes por coronavírus em 24 horas
CLIMA
Dourados deve ter sábado nublado com possível chuva isolada
ACORDOS
MPT/MS repassa R$ 75 mil em recursos trabalhistas para a Covid-19
RESTRIÇÃO
Brasil proíbe entrada de estrangeiros no País em voos internacionais

Mais Lidas

COVID-19
Saúde confirma coronavírus para mulher internada em Dourados e casos chegam a 28 em MS
PANDEMIA
Bebê de três meses é novo caso confirmado de coronavírus em MS
DOURADOS
Sindicato emite nota e diz que empregados foram obrigados a participar de ato
BATAYPORÃ
Paciente com suspeita de coronavírus é internada em estado grave em Dourados