Menu
Busca quarta, 02 de dezembro de 2020
(67) 99659-5905
TURISMO

Estados Unidos elevam alerta de segurança para viagens ao Brasil

14 janeiro 2020 - 22h05Por Agência Brasil

O Departamento de Estado dos Estados Unidos elevou o nível de alerta para turistas que viajam para o Brasil e para aqueles que visitam determinadas áreas, como favelas, áreas de fronteira e algumas regiões administrativas do Distrito Federal. A medida foi tomada devido ao aumento do risco de crimes.

De acordo com as recomendações de viagem divulgadas nesta terça-feira, dia 14 de janeiro, o alerta de segurança para o Brasil é nível 2, em que é recomendado aumentar cautela. Os níveis vão de 1 a 4. No caso das áreas especificadas, o nível sobre para 4, em que o governo norte-americano não recomenda a viagem. Funcionários do governo dos Estados Unidos também só podem visitar esses locais com autorização prévia.

O comunicado aconselha aos turistas a não visitarem "empreendimentos informais de habitação (comumente referidos no Brasil como favelas, vilas, comunidades e/ou conglomerados) a qualquer hora do dia devido a crimes”, nem mesmo em uma visita guiada. De acordo com o órgão, mesmo nessas comunidades que a polícia ou os governos locais consideram seguros, a situação pode mudar rapidamente e sem aviso prévio. A cautela também se estende às áreas próximas, já que “ocasionalmente, os combates entre gangues e os confrontos com a polícia ultrapassam os limites dessas comunidades.”

Distrito Federal

Segundo o Departamento de Estado, também não é aconselhado a ida de turistas para as regiões administrativas (conhecidas como cidades satélites) de Ceilândia, Santa Maria, São Sebastião e Paranoá, todas no Distrito Federal, durante a noite.

A orientação também vale para regiões a menos de 150 quilômetros da fronteira do Brasil com a Venezuela, Colômbia, Bolívia, Guiana, Guiana Francesa, Peru, Suriname e Paraguai. O alerta não se aplica, entretanto, a viagens ao Parque Nacional de Foz do Iguaçu e ao Parque Nacional do Pantanal.

Ainda de acordo com o comunicado, no Brasil “crimes violentos, como assassinato, assalto à mão armada e roubo de carros, são comuns nas áreas urbanas, dia e noite. A atividade de gangues e o crime organizado é generalizada. Assaltos são comuns. Os funcionários do governo dos EUA são desencorajados a usar ônibus públicos municipais em todas as partes do Brasil devido ao risco elevado de assalto e agressão a qualquer hora do dia e, especialmente, à noite”.

Caso o turista decida viajar para o Brasil, o órgão orienta, por exemplo, a estar atento ao entorno e ter mais cuidado em áreas isoladas; não resistir a tentativas de assalto; não caminhar nas praias depois de escurecer; não exibir sinais de riqueza, como relógios ou joias caras; ser extremamente vigilantes em bancos ou caixas eletrônicos; e ter cuidado no transporte público, especialmente à noite. “Os passageiros enfrentam um risco elevado de roubo ou assalto usando transporte público de ônibus municipal em todo o Brasil”, diz a recomendação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA
Ilegal a cobrança de taxa de coleta de lixo na fatura de água
CAPITAL
Aos buscar filho, homem se desentende com ex-cunhado e acaba morto a tiros
Conselho do PPI qualifica relicitação das concessões da BR-163
ECONOMIA
Conselho do PPI qualifica relicitação das concessões da BR-163
Populares encontram corpo de homem em lago da 'pedreira'
DOURADOS
Populares encontram corpo de homem em lago da 'pedreira'
CÂMARA DOS DEPUTADOS
Aprovada Medida Provisória que libera recursos para vacina de Oxford contra a Covid
CAMPO GRANDE
Três são baleados próximos a penitenciária; criança está entre as vítimas
DEZEMBRO VERMELHO
Ação pelo Dia Mundial de Combate à Aids atendeu quase 200 pessoas em Dourados
ACIDENTE
Rodas de carreta se soltam e atingem mulher na calçada em Amambai
CAMPO GRANDE
Nova fase da Operação Ormetà cumpriu 13 mandados de prisão preventiva
FRONTEIRA
Policial paraguaio morre após ser baleado durante confronto em fazenda de brasileiro

Mais Lidas

PANDEMIA
Casos de coronavírus levam fechamento de três agências bancárias em Dourados
PODER PÚBLICO
Gaeco volta às ruas de Dourados com nova operação
BR-376
Acidente entre Dourados e Fátima do Sul deixa um morto e dois feridos
CAMPO GRANDE
Homem apontado como parente de Rafaat é executado em frente a presídio