Menu
Busca domingo, 17 de janeiro de 2021
(67) 99659-5905
ELEIÇÕES 2020

Eduardo Paes, do DEM, é eleito prefeito do Rio de Janeiro

29 novembro 2020 - 17h51Por G 1

Eduardo Paes (DEM) foi eleito neste domingo, dia 29 de novembro, prefeito do Rio de Janeiro. Será o terceiro mandato do bacharel em direito de 51 anos, que já governou a cidade entre 2009 e 2017.

Com 87,96% das urnas apuradas, às 17h45, Paes somava 1.435.893 votos, ou 64,41% dos válidos, derrotando o atual prefeito, Marcelo Crivella (Republicanos), que tinha 793.512 votos (35,59%).

O vice-prefeito eleito é Nilton Caldeira, um dos fundadores do Partido Liberal (PL).

Nos dois primeiros mandatos, entre seus feitos, Paes foi o anfitrião das Olimpíadas e Paralimpíadas de 2016. Para tal, remodelou partes da cidade, como a Zona Portuária, derrubando o Elevado da Perimetral.

Paes também fez mudanças no transporte, implantando o sistema de ônibus exclusivos do BRT e reordenando as linhas regulares.

No seu plano de governo para 2021-2025, Paes lista 12 objetivos centrais, como a restauração da qualidade de serviços básicos: saúde, educação e transportes.

Segundo Paes, a recuperação da situação financeira passa pelo pagamento dos salários em dia e "a retomada dos sistemas de meritocracia".

Biografia

Eduardo da Costa Paes nasceu em 14 de novembro de 1969, no Rio de Janeiro. Formado em direito pela Pontifícia Universidade Católica do Rio (PUC-RJ), o peemedebista é casado e tem dois filhos.

Paes começou sua carreira política em 1993, quando assumiu a Subprefeitura de Jacarepaguá e da Barra, na primeira gestão do prefeito Cesar Maia (DEM). Em 1996, na época do PFL, foi o vereador mais votado do Rio de Janeiro, com 82.418 votos.

Ainda no PFL, elegeu-se deputado federal em 1998 com 117.164 votos. Quatro anos depois, foi reeleito com 186.221 votos.

Em 2006, Eduardo Paes concorreu ao governo do Rio pelo PSDB, mas obteve só 5,3% dos votos válidos.

Em 2007, foi convidado pelo governador Sérgio Cabral (PMDB) para assumir a secretaria de Turismo, Esporte e Lazer.

Sua primeira vitória para o Palácio da Cidade foi em 2008, quando derrotou Fernando Gabeira em um disputado segundo turno. Paes teve 1.696.195 votos (50,83% dos válidos), contra 1.640.979 (49,17%) de Gabeira.

Em 2012, Paes foi reeleito prefeito do Rio de Janeiro em primeiro turno. Então pelo PMDB (hoje MDB), teve 64,60% dos votos válidos (2.097.733) — Marcelo Freixo (PSOL), o segundo colocado, somou 28,15% (914.082).

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA
Número de mortos após terremoto na Indonésia sobe para 73
Estudantes fazem hoje primeira prova do Enem 2020
EDUCAÇÃO
Estudantes fazem hoje primeira prova do Enem 2020
Agepen volta a proibir visitas aos presídios de Mato Grosso do Sul
TV DOURADOS NEWS
Agepen volta a proibir visitas aos presídios de Mato Grosso do Sul
SISTEMA DE SAÚDE
Pacientes de Manaus continuam sendo transferidos para hospitais universitários federais
CÂMARA DOS DEPUTADOS
Projeto altera requisitos exigidos para o cargo de diretor de presídio
SAÚDE
Lesão de continuidade na pele pode ser porta de entrada para bactérias
EDUCAÇÃO
Fapec seleciona profissionais para atuarem em projetos coordenados pela fundação
FUTEBOL
Com eleição adiada, Barcelona não deve ir ao mercado em janeiro
BRASIL
Ciclistas protestam contra morte de colega por motorista bêbado no Rio de Janeiro
CÂMARA DOS DEPUTADOS
Projeto concede incentivo fiscal para quem patrocinar cirurgias no SUS

Mais Lidas

DOURADOS 
Jovem cai de moto e pede ajuda após levar facada
PANDEMIA 
Dourados tem oito mortes por Covid em 24 horas  
OPERAÇÃO
Polícia fecha "boca de fumo" comandada por família no Canaã IV
DOURADOS 
Prefeitura anula 75 das exonerações anunciadas no meio da semana