Menu
Busca quarta, 12 de agosto de 2020
(67) 99659-5905
ARTIGO

Dourados precisa de um mercado municipal

10 dezembro 2019 - 09h09Por José Tibiriçá Martins Ferreira

Estava no ABEVÊ no sábado, encontrei-me com um amigo e começamos a conversar sobre o mercado municipal que ali existiu, enquanto o caixa anotava as compras. Como ele, muitos ao saberem do fato ficam surpresos e querem saber porque acabaram com ele, eu também quero saber  o motivo.

O mercadão como era chamado foi construído na gestão do prefeito João Totó Câmara no início da década de 1970, época da implantação também do conjunto habitacional primeiro plano, para atender os pequenos produtores de Dourados. Vendido depois para uma empresa privada, hoje ali funciona o ABEVÊ que deve ser o proprietário atual. Não sabemos a causa de sua venda, afinal  foi construído com dinheiro público e não sabemos aonde foi aplicado posteriormente, afinal devem ter recebido um bom dinheiro no negócio.

Em Campo Grande existe um desde o ano de 1958, quando começou com uma feira livre e hoje é um ponto onde encontramos toda variedade de produto que, além de ser um ponto turístico. Ao lado os indígenas da etnia terena oferecem os seus produtos artesanais e iguarias produzidas na aldeia.

Nossa região é agrícola e os produtores poderiam ter mais um local onde diariamente venderiam os seus produtos, com um preço mais acessível. Não sou contra os supermercados daqui, mas muitos deles compram produtos de outros estados e chegam caros para o consumidor final.

Não temos mais a feira do produtor, onde era um espaço em que a população tinha mais uma opção de compra. Precisamos com urgência de um mercado municipal, onde seriam oferecidos muitos produtos da região com melhores preços e  incentivaria a produção local.

Uma ideia que se posta em prática, movimentaria muito o comercio hortigranjeiro e aumentaria mais a renda do nosso produtor. Produtos produzidos na reserva indígena de Dourados e orgânicos  poderiam ser comercializados no mercado municipal

A diretoria da nossa Câmara de vereadores poderia encampar a ideia da construção de um novo mercado municipal, pois a prefeitura tem áreas bem centrais, como a do Parque do Lago, da agrosul que fica em frente ao PAM. Um assunto que poderia ser levado à nossa mandatária municipal.        

              Vamos abraçar a ideia.

              Dourados-MS 09 de dezembro de 2019.

              José Tibiriçá Martins Ferreira, advogado e produtor rural.             

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Congresso marca três reuniões para analisar todos vetos presidenciais
REFORMA TRIBUTÁRIA
Comissão avalia situação dos estados nesta quarta
CASAS POPULARES
Agência de habitação faz pré-seleção para novas moradias em Taquarussu
DOURADOS
População ainda pode participar de questionário para novo Plano Diretor
MUNDO NOVO
Homem é preso por tráfico e violência doméstica
AÇÃO CONJUNTA
Bitrem com carga de madeira ilegal é apreendido e empresa multada em mais de R$ 10 mil
BRASIL
Publicado guia com novos critérios para triagem de doadores de sangue
ANTÔNIO JOÃO
Foragido da Justiça é preso durante ação da Polícia Civil
PANDEMIA
Acordo proíbe consumo de bebidas na Capital entre 13 e 16 de agosto
BRASIL
Conselho do FGTS aprova distribuição de R$ 7,5 bi para trabalhadores

Mais Lidas

DOURADOS
Suspeito de atropelar motociclista durante racha na BR-163 se apresenta à polícia
DOURADOS
Amigos vão procurar homem e encontram corpo em avançado estado de decomposição
DOURADOS
Motociclista é atingido por veículo que praticava "racha' e tem fratura exposta
CORGUINHO
Jovem morre após sofrer acidente durante passeio de moto com amigos