Menu
Busca sábado, 23 de outubro de 2021
(67) 99257-3397

Dourados já teve eleição de prefeito decidida por 40 votos e até 58 mil desde 1988 

15 novembro 2020 - 14h25Por André Bento

Maior colégio eleitoral do interior de Mato Grosso do Sul, com 164.395 eleitores aptos a votar nas eleições municipais deste domingo (15), Dourados já teve disputas pela prefeitura decididas por diferenças de 40 votos e até 58 mil desde 1988, ano da redemocratização do Brasil. 

O pleito mais recente, de 2016, foi o segundo mais acirrado nesse período, quando Délia Razuk (então no PR) foi votada por 43.252 eleitores, ante os 40.149 obtidos pelo segundo colocado, o deputado Geraldo Resende (PSDB). 

Naquela disputa, havia 152.165 douradenses aptos a votar, mas foram às urnas efetivamente 121.923 e 30.242 se abstiveram. Houve ainda 20.708 votos para Renato Câmara (PMDB), 2.445 para Ênio Ribeiro (PSOL) e 2.065 para Wanderlei Carneiro (PP).

A menor diferença de votos entre postulantes à chefia do Executivo municipal ocorreu em 1988, ano em que Antônio Braz Genelhu Melo (então no PMDB) venceu José Elias Moreira (à época no PTB) por causa de 40 eleitores. A polêmica ficou por conta da urna 185, do Parque das Nações. 

Há 32 anos eram 67.492 os eleitores aptos a votar em Dourados e desse total, 59.532 foram às urnas. Braz Melo foi opção de 23.590, enquanto José Elias Moreira conquistou 23.550, Laerte Tetila (PT) 3.612, e Alaercio Abrahão Santos (PSDB) 934.

No outro extremo, a vitória mais folgada, com diferença de 58.514 votos, ocorreu na eleição extemporânea de 2011, convocada pela Justiça Eleitoral após a renúncia de Artuzi no dia 1º de dezembro de 2010, preso em decorrência da Operação Uragano. 

Aquela eleição fora de época foi vencida por Murilo Zauith (DEM) foi com 70.906 votos. O segundo colocado, Geraldo Sales Ferreira (PSDC), foi votado por 12.392 eleitores, Genival Antonio Valeretto (PMN) por 3.193, e José de Araujo Oliveira (PSOL) por 2.060.

Todos esses números foram apurados pelo Dourados News no banco de dados consolidados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Em 1992, já com 82.684 eleitores, Humberto Teixeira (PRN) foi votado por 30.243 douradenses. Antonio Luiz Nogueira (PMDB) ficou em segundo, com 27.040 eleitores votos, seguido por Egon Krakhecke (PT), 8.440.

Braz Melo e PMDB voltaram ao comando do município em 1996, com 37.797 votos ante 26.581 de José Elias Moreira, então no PTB. Lori Gressler (PPB) obteve 7.814 votos, Ribeiro Arce (PT) 4.525, Marcos Antônio dos Santos (PRONA) 345 e Helio Bernardino da Silva (PSC) 176.

A hegemonia do PT começou em 2000, quando Laerte Tetila foi escolhido por 36.045 eleitores e superou Murilo Zauith (à época no PSDB), com 31.328 votos. Aquela eleição também teve na disputa pela Prefeitura de Dourados Mordônio Alencar (PSB), votado por 11.807, e George Takimoto (PDT), por 7.280.

O petista foi reeleito em 2004 com 53.208 votos. Bela Barros (PDT) teve 42.409 e José Roberto Domingos da Costa (PRONA) 2.983.

Ari Artuzi (PDT) foi eleito em 2008 com 45.182 votos, enquanto Murilo Zauith (em passagem anterior pelo DEM, onde está atualmente) teve 39.614 e Wilson Biasotto (PT). 21.821.

Um ano após vencer a eleição extemporânea, em 2012 Zauith estava no PSB quando foi reeleito, desta vez com 65.794 votos, número superior aos de Keliana Fernandes (então no PSC), 34.132, Doutor Delane (PSDC), 3.806 e Zé Roberto (PSOL), 1.659.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TST considera fraudulento contrato de jogador e reconhece natureza salarial do direito de imagem
BRASIL
TST considera fraudulento contrato de jogador e reconhece natureza salarial do direito de imagem
LAVA JATO
Justiça Eleitoral vai julgar ação sobre empréstimo de R$ 12 milhões ao banco Schahin
MUNDO
Biden e Macron discutem defesa europeia e se reunirão em Roma
Jovem é autuado pela PMA por maus-tratos a uma cadela Pit Bull
MS
Jovem é autuado pela PMA por maus-tratos a uma cadela Pit Bull
Ministra Cármen Lúcia suspende reintegração de posse em Rondônia
STF
Ministra Cármen Lúcia suspende reintegração de posse em Rondônia
RIO MIRANDA
Catarinenses são multados em R$ 1,8 mil por pesca predatória em Bonito
JUDICIÁRIO
STJ define retorno de sessões presenciais para fevereiro de 2022 e dia de eleição para ministros
CAPITAL
Presidente do TJMS recebe medalhão comemorativo aos 100 anos da Justiça Militar
ROTINA
Trabalho híbrido pode piorar qualidade do sono, diz pesquisador
DOURADOS
Estado licitará na próxima semana R$ 20 milhões para revitalizar Coronel Ponciano

Mais Lidas

TRÁFICO
Mortos em queda de helicóptero com cocaína na fronteira são identificados
PRESIDENTE VARGAS
Escola dispensa alunos em Dourados após mensagens de ameaças
DOURADOS
Print tirado de conversa entre alunos resultou em mal-entendido e levou pânico a escola
DOURADOS
Homem é removido de grupo de whats e procura a delegacia