Menu
Busca quarta, 08 de abril de 2020
(67) 9860-3221

Dilma assina acordos bilaterais com Chile em sua primeira viagem internacional de 2013

26 janeiro 2013 - 11h15

Ao desembarcar em Santiago para participar da 1ª Cúpula da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac) – União Europeia (EU), a presidenta Dilma Rousseff deu início à sua primeira viagem internacional de 2013. Na capital chilena, a presidenta também terá reuniões bilaterais com alguns presidentes, como seu colega chileno Sebastián Piñera, a argentina Cristina Kirchner, o mexicano Enrique Peña Nieto, que tomou posse em dezembro passado, e a chanceler alemã Angela Merkel.

Às 8h30 deste sábado (26), durante café da manhã no Palácio de La Moneda, Dilma e Piñera fazem uma revisão da agenda bilateral entre Brasil e Chile e assinam acordos nas áreas de cultura, educação e cooperação científica na Antártica. As trocas comerciais entre os dois países cresceram quase 50% entre 2006 e 2011, passando de US$ 6,78 bilhões para US$ 9,98 bilhões. O Brasil é o segundo país com maior estoque de investimentos chilenos, na casa de US$ 12 bilhões.

À tarde, a Celac discutirá com a União Europeia uma nova agenda de cooperação inter-regional. De acordo com o Ministério de Relações Exteriores, será adotado, durante a cúpula, o Plano de Ação Celac-UE para o biênio 2013-2014. Além da reunião entre chefes de estado, também serão realizados encontros de acadêmicos, empresários e parlamentares das duas regiões.

A Celac foi criada em fevereiro de 2010 no México e oficializada em 2011 na Venezuela para integrar 33 países da América do Sul, América Central e Caribe. As trocas comerciais entre os países membros da Celac e da UE foram de US$ 278,1 bilhões em 2011, representando um crescimento de 31,5% em relação a 2007, quando eram de US$ 211,6 bilhões. Apesar do aumento, os países sul-americanos reclamam das barreiras comerciais impostas pelos europeus aos seus produtos, o que também deve ser discutido na cúpula.

A data do retorno da presidenta ao Brasil ainda não está confirmada. De acordo com a Presidência, o embarque de volta poderá ser feito no sábado à noite ou no domingo pela manhã. Na segunda-feira, às 18h, Dilma abre o Encontro Nacional com Novos Prefeitos e Prefeitas – Municípios Fortes, Brasil Sustentável, que deve receber cerca de 20 mil gestores municipais e assessores em Brasília.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORONAVÍRUS
Reflexo da quarentena, Dourados tem taxa de isolamento intermediária em MS
DOURADOS
Saúde reserva leitos do Evangélico para pacientes com coronavírus
DOURADOS
Inscrições para processo seletivo de estagiários é prorrogado
FLAGRANTE
Polícia encontra armas, munições e quase 1t de maconha em veículo
COVID-19
Estado terá que prestar contas sobre ações usando dinheiro da dívida com a União contra a pandemia
COVID-19
MS confirma mais cinco casos de coronavírus em 24h
ECONOMIA
Aneel suspende por 90 dias aplicação de reajustes de energia em MS
MUNDO
Novos casos da covid-19 dobram na China e bolsas de valores caem
Educação
Ama estudar línguas? Conheça as profissões tradutor e intérprete
PROJETO
Cobrança de empréstimos consignados poderá ser suspensa por 90 dias

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher tenta desviar de buraco, é atropelada por carreta e morre
FLEXIBILIZAÇÃO
Com restrições, comércio volta a funcionar amanhã em Dourados
FLEXIBILIZAÇÃO
Confira o que muda em Dourados com novo decreto do comércio
DOURADOS
Vítimas foram atingidas com 12 disparos de pistola no Jardim Carisma