quarta, 06 de julho de 2022
Dourados
31°max
14°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
DOURADOS

DEM diz que aguarda apuração para se manifestar sobre vereador preso por violência doméstica

07 setembro 2021 - 09h45Por Adriano Moretto

A diretoria municipal do DEM em Dourados diz que aguardará a apuração dos fatos para se manifestar sobre o caso envolvendo o vereador Diogo Castilho, preso na noite de sábado (4/9) acusado de violência doméstica contra a noiva de 27 anos. O fato ocorreu no Parque Alvorada e, segundo a ocorrência, o parlamentar teria chegado a ameaçar a mulher e familiares dela de morte. 

Conforme nota da legenda, assinada pelo presidente Madson Valente nesta terça-feira (7/9), o Democratas agirá com prudência até que se tenha os esclarecimentos necessários sobre a situação para logo depois colocar em discussão a pauta.

“Importante afirmar que iremos agir com prudência, aguardando apuração plena e colocando tal pauta em discussão nas instâncias partidárias quando tivermos fundamentos que nos proporcione segurança para julgar tal situação”, diz trecho do material [confira nota na íntegra abaixo].

Ao Dourados News na manhã de ontem, Madson já havia relatado que o assunto seria debatido pelos correligionários nos próximos dias, veja aqui

O caso

O vereador Diogo Castilho (DEM) foi preso em flagrante na noite de sábado (4/9) após denúncia de violência doméstica feita pela noiva do parlamentar. Conforme a ocorrência, ambos passaram a tarde bebendo e começaram a discutir quando retornaram para a casa, no Parque Alvorada. 

De acordo com o boletim de ocorrência registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), Castilho teria realizado ofensas verbais e segurando a vítima pelo braço, jogando-a em seguida na cama, tentando asfixia-la com as mãos. 

A noiva ainda relatou à polícia que o parlamentar teria ameaçado de morte ela e familiares caso o fato fosse denunciado. 

Desde domingo (5/9) o vereador se encontra na PED (Penitenciária Estadual de Dourados) após ter o flagrante convertido em preventiva pela juíza Rosângela Alves de Lima Fávero. 

Confira a nota do DEM

A direção Municipal do Partido Democratas em Dourados esclarece que diante dos acontecimentos em que envolvem o vereador Diogo Castilho, acusado de violência doméstica, que está direção partidária estará aguardando apuração plena dos fatos pela justiça, diante da acusação imputada ao mesmo. 

O Partido Democratas continuará se norteando pelo seu estatuto, zelando por este e prosseguirá exigindo de todos os seus filiados comprometimento por causas que enobrecem e elevem a dignidade humana. 

Importante afirmar que iremos agir com prudência, aguardando apuração plena e colocando tal pauta em discussão nas instâncias partidárias quando tivermos fundamentos que nos proporcione segurança para julgar tal situação.

Madson Valente. 

Presidente Municipal do Partido Democratas de Dourados.
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

FUTEBOL

Hulk decide e Atlético-MG está nas quartas da Libertadores

ECONOMIA

Petrobras aumenta querosene de aviação em 3,9%

Homem descarrega pistola em academia e fere três pessoas
TENTATIVA DE HOMICÍDIO

Homem descarrega pistola em academia e fere três pessoas

FUTEBOL

Seleção feminina desembarca na Colômbia para disputar Copa América

Nova presidente da Caixa anuncia primeiras medidas à frente do banco
ECONOMIA

Nova presidente da Caixa anuncia primeiras medidas à frente do banco

POLÍTICA

Mesa Diretora autoriza pagamento de metade do 13º a servidores

MATO GROSSO DO SUL

Leilão on-line da Sefaz/MS tem quase mil lotes de produtos

JUSTIÇA

COVEP/GMF/MS recebe visita de coordenador do CNJ

PESQUISA

Risco de acidente é maior em rodovia pública, diz estudo

SAÚDE

Covid-19: Brasil registra 74,5 mil casos e 396 mortes em 24 horas

Mais Lidas

DOURADOS

Cinco professores estavam em veículo que se envolveu em acidente no Itahum

DOURADOS

Prefeitura abre concurso com quase 60 vagas com salários que chegam a R$ 8,3 mil

DOURADOS

Cantor é outro envolvido em acidente que deixou feridos entre Dourados e Itahum

CRIME PASSIONAL

Autor de homicídio no Flórida se passou pela própria esposa para atrair vítima e cometer o crime