Menu
Busca terça, 22 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
POLÍTICA

Cunha promete levar PEC da Maioridade Penal a plenário no dia 30 de junho

10 junho 2015 - 13h15

Agência Brasil

O presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), disse hoje (10) que vai colocar em votação no plenário, no dia 30 de junho, a proposta de emenda à Constituição (PEC) que reduz a maioridade penal de 18 para 16 anos.

“O produto que sair da comissão [especial que analisa o texto], qualquer que seja, levarei a plenário e votarei no dia 30 de junho. Qualquer outra proposta de lei ordinária será votada em seguida. Mas primeiro vamos votar a PEC”, disse Cunha.

O relator da proposta de redução da maioridade penal, em discussão em uma comissão especial na Câmara, deputado Laerte Bessa (PR-DF), defende que a maioridade penal deve ser reduzida de 18 para 16 anos, qualquer que seja o ato infracional praticado pelo adolescente. A mudança consta no relatório que o parlamentar deverá apresentar à comissão, na tarde de hoje.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FRONTEIRA
Homens mortos em confronto com o DOF haviam feito família refém
UEMS
Eleições para Comissão Permanente terminam nesta terça-feira
NAÇÕES UNIDAS
Bolsonaro abre hoje Assembleia Geral da ONU com vídeo gravado
EMPREGO
Governo inicia mais uma posse de servidores aprovados na Agepen
Recepcionista é furtada e faz postagem no Facebook para achar moto
TEMPO
Terça-feira de sol com algumas nuvens em Dourados; não chove
NEGÓCIOS & CIA
Plano de carreira ou plano de vida: quando o propósito da marca é inclusivo
CAPITAL
Padrasto de menina baleada na boca fugiu de posto de saúde
SAÚDE
Estudo brasileiro aponta que covid-19 pode causar danos cerebrais
TRÊS LAGOAS
Mulher é agredida pelo companheiro por não abrir portão para ele entrar

Mais Lidas

DOURADOS
Motorista bêbado atropela cinco pessoas que voltavam da igreja no Novo Horizonte
ESTADO
Confraternização em fazenda termina com tragédia após briga familiar
TRAGÉDIA
Bombeiro em Dourados morre durante acidente em Santa Catarina
DOURADOS
Amigos e familiares de entregador morto em acidente pedem que justiça seja feita