terça, 09 de agosto de 2022
Dourados
16°max
12°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
PANDEMIA

Cuidados devem ser mantidos com variante Ômicron, diz Ministério da Saúde

28 novembro 2021 - 17h40Por Redação

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, reafirmou hoje (28) que a principal arma contra a covid-19 é a vacinação. Mais cedo, o ministro realizou uma transmissão ao vivo nas redes sociais durante reunião de trabalho sobre a variante Ômicron do novo coronavírus.

Segundo Queiroga, o cenário epidemiológico no Brasil é de maior tranquilidade em função da campanha de vacinação. Até o momento, foram distribuídas aos estados 372 milhões de doses, sendo que 308 milhões já foram aplicadas na população.

“Gostaria de tranquilizar todos os brasileiros, porque os cuidados com essa variante são os mesmos cuidados com as outras variantes. A principal arma que nós temos para enfrentar essas situações é a nossa campanha de imunização”, afirmou.

De acordo com o secretário de Vigilância em Saúde, Arnaldo Medeiros, as medidas de proteção contra a covid-19 devem ser mantidas. “É extremamente importante que mantenhamos foco na campanha de vacinação e que mantenhamos as medidas chamadas não farmacológicas [uso de máscaras], evitarmos aglomerações públicas, higienização das mãos, álcool em gel e etiqueta respiratória”, disse.

Na semana passada, o surgimento de uma variante do novo coronavírus foi confirmado em regiões da África. Batizada de Ômicron - letra grega correspondente à letra “o” do alfabeto -, a cepa B.1.1.529 foi identificada em Botsuana, país vizinho à África do Sul, em meados de novembro.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a variante pode se tornar responsável pela maior parte de novos registros de infecção pelo novo coronavírus em províncias sul-africanas.

No Brasil, ainda não foi registrado nenhum caso da Ômicron. Por medida de precaução, a partir de amanhã (29), o governo federal decidiu restringir e entrada de passageiros oriundos da África do Sul, Botsuana, Lesoto, Namíbia, Zimbábue, Eswatini (ex-Suazilândia), Angola, Malawi, Moçambique e Zâmbia.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Socorrido após acidente na MS-162 morre em hospital
SIDROLÂNDIA

Socorrido após acidente na MS-162 morre em hospital

Relações humanas: a ressignificação do conceito de RH
GESTÃO DE PESSOAS

Relações humanas: a ressignificação do conceito de RH

Polícia captura líder de facção que fugiu de penitenciária paraguaia
PARAGUAI

Polícia captura líder de facção que fugiu de penitenciária paraguaia

Jovem morre no Hospital da Vida após ser baleado na cabeça
POLÍCIA

Jovem morre no Hospital da Vida após ser baleado na cabeça

Frigoríficos testam preços menores para o boi
COTAÇÃO

Frigoríficos testam preços menores para o boi

DOURADOS

Após denunciar furto, homem volta para casa e encontra ladrão dormindo

REGIÃO

Bandidos invadem agência bancária e furtam dinheiro de caixa eletrônico

REGIÃO

PMA autua 26 infratores e aplica mais de R$ 600 mil em multas por incêndios

DOURADOS

Abelhas sem ferrão compartilham o campus com a comunidade universitária na UFGD

LAVA JATO

Dallagnol, Janot e procurador são condenados a devolver dinheiro com diárias e passagens

Mais Lidas

BR-376

Lutador de MMA douradense é preso com mais de 40 quilos de cocaína

TRAPALHADA

Ladrão esquece mochila aberta e dinheiro roubado voa durante fuga

Adolescente fica gravemente ferido após caminhonete capotar na MS-141

COXIM

Casal de idosos foi morto por menores que levaram R$ 20