Menu
Busca quarta, 30 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
MP-905

Comunicadores de Dourados e Região defendem registro profissional

28 novembro 2019 - 07h32Por Da Redação

Comunicadores de todo Brasil estarão mobilizados no dia quatro de dezembro para o Dia Nacional de Luta contra a MP 905/2019, que extingue a necessidade de registro profissional para jornalistas, publicitários, radialistas e outras 11 categorias.

Para organizar as atividades em Dourados, as entidades de Comunicação estiveram reunidas na noite da última terça-feira, dia 26 de novembro, no Plenarinho da Câmara de Vereadores, para criarem o plano de luta local contra a Medida Provisória. Representantes do Sindicato dos Jornalistas Profissionais da Região da Grande Dourados (Sinjorgran), Clube de Imprensa, Associação de Cronistas Esportivos de Mato Grosso do Sul (Acems), curso de Publicidade e Propaganda da Unigran e da Atlética de Publicidade e Propaganda definiram ações em parceria.

A intenção é realizar uma intensa e ampla mobilização dos profissionais e estudantes de Dourados e Região para denunciar o retrocesso da MP 905, conquistar apoio da sociedade e pressionar o Congresso para derrubar os itens que prejudicam o exercício das profissões.

O entendimento é de que a MP quer enfraquecer os comunicadores e destruir a Comunicação responsável no país, além de ameaçar a própria democracia do Brasil, que demanda a circulação de informações independentes, plurais e de credibilidade, produzidas por profissionais especializados.

Entre os encaminhamentos estão a produção de manifestos públicos das entidades contra a MP 905, a mobilização das categorias para a produção de vídeos com depoimentos sobre a importância do profissionalismo na Comunicação e a criação de uma agenda em parceria com as entidades de Comunicação sediadas em Campo Grande para uma ação de pressão na bancada de Mato Grosso do Sul, deputados e senadores.

No próximo sábado (30), às 10 horas, para envolver todos os filiados nas atividades, o Sinjorgran realizará uma assembleia sobre o plano de luta, na sede do sindicato (Avenida Joaquim Teixeira Alves, 1985, sala 7, Centro). Em pauta também estarão os pedidos de novas filiações.

No Dia Nacional de Luta, a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) enviará uma comitiva a Brasília para agenda com os presidentes da Câmara Federal, Rodrigo Maia, e do Senado Federal, Davi Alcolumbre. Paralelamente, os sindicatos estarão em contato com os parlamentares que representam seus estados de origem para dialogar sobre a importância da retirada dessa MP, que altera diversos pontos da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), se configurando em uma nova Reforma Trabalhista.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PONTA PORÃ
Foragido da Justiça de 19 anos sofre tentativa de homicídio na fronteira
PRESIDENTE INVESTIGADO
STF tira do plenário virtual discussão sobre depoimento de Bolsonaro
TRÁFICO
Traficante de disk-droga é preso com porções de cocaína, moto e dinheiro
AJUDA
Caixa detalha calendário de pagamentos do auxílio emergencial extensão
CAPITAL
Hóspede é encontrado morto dentro de banheiro de hotel
FUTEBOL
CBF divulga tabela da 16ª à 20ª rodada; Fla fará dois jogos em 50 horas
REGIÃO
Polícia desarticula grupo que agia em cidades da região do Vale do Ivinhema
MADEIRA
Queimadas no Pantanal destroem oito pontes nas MS-243 e MS-195
BONITO
Vítima de estelionato arma emboscada e ajuda a prender golpista
TECNOLOGIA
Aplicativo do Detran-MS recebe atualização para serviços pelo celular

Mais Lidas

REGIÃO
Homem que disse ter encontrado mulher morta volta atrás e confessa feminicídio
LAGUNA CARAPÃ
Homem sente falta de esposa, vai procurar e a encontra morta em poço
DOURADOS
Disputa pela prefeitura tem dois milionários e total de bens chega a R$ 13 milhões
CAPITAN BADO
Ataque de pistoleiros a veículo deixa dois mortos na fronteira