segunda, 15 de julho de 2024
Dourados
10ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
LEGISLATIVO DE MS

Comissão da Assembleia vai fiscalizar fila de espera do sistema de vagas do SUS

11 julho 2024 - 09h30Por Da Redação

Em Mato Grosso do Sul, o tempo de espera para a primeira consulta para realização de uma cirurgia eletiva pelo Sistema Único de Saúde (SUS) pode chegar a 18 anos. Na busca de contribuir para a solução desse problema, a Assembleia Legislativa (ALEMS) instituiu a Comissão Temporária de Representação de acompanhamento da fila de espera de pacientes no Sistema de Regulação de Vagas do SUS, na macrorregião de Campo Grande.

Os membros do grupo estão designados no Ato 82/2024, publicado pela Mesa Diretora no Diário Oficial do Parlamento desta quarta-feira (10).

O requerimento para criação da Comissão é de autoria do deputado Pedrossian Neto (PSD) e coautorias dos deputados Paulo Duarte (PSB), Caravina (PSDB), Junior Mochi (MDB) e Lucas de Lima (PDT). E são esses os parlamentares que compõem o grupo, cuja finalidade é “monitorar e fiscalizar o cumprimento dos prazos e a transparência na gestão da fila de espera do Sistema de Regulação de Vagas do SUS” na macrorregião de Campo Grande.

A instituição da Comissão está entre os encaminhamentos da audiência pública “Sistema de Regulação de Vagas no SUS: medidas para reverter o quadro de espera dos pacientes em Campo Grande", realizada em novembro do ano passado na ALEMS.

Nessa audiência, foram apresentados dados do Sistema de Regulação de Campo Grande. Os números mostraram, por exemplo, que o tempo de espera para o paciente conseguir a primeira consulta para realização de cirurgia de cabeça e pescoço é de 214 meses, ou seja, 18 anos. Essa é a situação mais crítica, em se tratando da demora, dos casos elencados, na reunião, pelo parlamentar. São 904 pacientes no total, dos quais 856 aguardando consultar pela primeira vez.

A audiência também pautou a discussão sobre a judicialização, caminho buscado por muitos pacientes que estão na fila do SUS. Apenas em 2022, o montante judicializado em Mato Grosso do Sul somou R$ 75 milhões.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA

Economia brasileira cresceu 0,25% em maio

Nova lei regulamenta profissão de técnico em nutrição e dietética
NORMAS

Nova lei regulamenta profissão de técnico em nutrição e dietética

Movimento abre inscrições com apoio de R$ 100 mil para projetos de MS; veja como participar
PRAZO

Movimento abre inscrições com apoio de R$ 100 mil para projetos de MS; veja como participar

PMA recebe 'sonômetro' para apoio nas ações em MS
EQUIPAMENTO

PMA recebe 'sonômetro' para apoio nas ações em MS

DOURADOS 

UFGD oferece 138 vagas para migrantes e refugiados interessados em cursar faculdade

BRASIL

Prorrogada para o dia 19 convocação de lista de espera do Fies

DOURADOS

Homem é preso com revólver no carro após denúncias de ameaça

DOURADINA

Disputa por terra termina com uma pessoa baleada

DOURADOS

Vendas do comércio para o Dia dos Pais devem ficar abaixo do registrado ano passado

OPORTUNIDADE

Inscrições para seleção de militares temporários do Exército terminam hoje

Mais Lidas

OPORTUNIDADE

Com recrutamento noturno, indústria abre 400 vagas de trabalho em Dourados

MS

Inscrições para o Curso de Libras EAD Nível I do 2º Semestre abrem dia 15 de julho

DOURADOS

Dupla acusada de furtar comércios e deixar prejuízo estimado em R$ 100 mil a empresários é presa

DOURADOS

Ministro admite atraso e prevê projeto de novo terminal do Aeroporto concluído até fim de julho