sábado, 13 de agosto de 2022
Dourados
30°max
13°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
SAÚDE

Comissão aprova proposta que permite inclusão de Síndrome de Tourette como deficiência

12 janeiro 2022 - 13h46Por Agência Câmara

A Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência da Câmara dos Deputados aprovou proposta que inclui as pessoas com Síndrome de Tourette entre as consideradas pessoas com deficiência desde que atendidos os critérios estabelecidos Lei Brasileira de Inclusão (LBI).

A Síndrome de Tourette é um transtorno neuropsiquiátrico caracterizado por tiques súbitos e repetitivos, em geral motores (como piscar e contrair os músculos da face ou outros grupos musculares). Em alguns casos, os tiques se manifestam através de gritos, palavrões ou gestos considerados inadequados.

O texto aprovado é o substitutivo do relator, deputado Alexandre Padilha (PT-SP), ao Projeto de Lei 206/21, do deputado Franco Cartafina (PP-MG). O relator manteve o objetivo do texto original, mas alterou a redação da proposta para determinar que a avaliação será feita caso a caso, como prevê a LBI.

“Na lei, a classificação como pessoa com deficiência passou a ser feita caso a caso, sendo avaliada a real situação do indivíduo, independentemente de seu diagnóstico, por meio de avaliação biopsicossocial, conforme regulamento a ser expedido pelo Poder Executivo”, explicou Padilha.

O relator afirmou que o substitutivo busca garantir o direito das pessoas com a síndrome e respeitar a intenção do autor da proposta. O texto original estabelece que, até que se criem os instrumentos de avaliação individualizada da deficiência, a Síndrome de Tourette será classificada como deficiência.

“Visando tornar mais objetivos os critérios e não os deixar atrelados a eventos futuros, o substitutivo atrela o reconhecimento às disposições da LBI”, disse Padilha. Ele destacou que a lei atual avalia a deficiência de acordo com suas reais condições e não apenas a presença ou ausência de diagnósticos ou alterações de funcionamento de estruturas, levando em consideração também questões sociais e emocionais, que até então nem sempre eram avaliadas.

Tramitação
A proposta tramita em caráter conclusivo e ainda será analisada pelas comissões de Seguridade Social e Família; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Procurado por homicídio em festa na fronteira é preso em Portugal
INTERPOL

Procurado por homicídio em festa na fronteira é preso em Portugal

MORTES NA PANDEMIA

Barroso envia à PGR acusação de vítimas da Covid contra Bolsonaro

Homem é preso com droga avaliada em mais de R$ 6 mil
IVINHEMA

Homem é preso com droga avaliada em mais de R$ 6 mil

GERAL

Juiz manda para presídio policial bolsonarista que matou petista

Polícia Militar apreende mais de 140 quilos de maconha, na MS-473
NOVA ANDRADINA

Polícia Militar apreende mais de 140 quilos de maconha, na MS-473

EDUCAÇÃO

Acadêmicos da UEMS podem se inscrever em Universidades parceiras

Empresário é preso com arma furtada de policial no Rio de Janeiro

EDUCAÇÃO

Prouni: universidades acusam MEC de atrasar dados para matrículas

CAPITAL

Prestes a casar a filha, homem morreu atropelado sem realizar o sonho

ECONOMIA

Empresas poderão renegociar dívidas com o Fisco com 70% de desconto

Mais Lidas

TRAUMATISMO CRANIANO

Madrasta de menina de 7 anos que morreu ao dar entrada na UPA é presa em Dourados

DOURADOS

Madrasta de criança morta em UPA é encaminhada para cela da Depac

DOURADOS

Acusado de raptar a ex e trocar tiros com a polícia tem alta e é levado para delegacia

INVESTIGAÇÃO

Madrasta demorou 3h para levar menina até UPA e não há registro de acionamento no Samu