sexta, 12 de agosto de 2022
Dourados
25°max
13°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
BRASIL

Cármen Lúcia dá cinco dias para Bolsonaro informar sobre 7 de Setembro

05 agosto 2022 - 22h20Por G1

A ministra Cármen Lúcia, do STF (Supremo Tribunal Federal), determinou que o presidente Jair Bolsonaro apresente informações, em cinco dias, sobre os planos de mudar o local do desfile do 7 de Setembro, no Rio de Janeiro. A ministra é a relatora da ação do partido Rede Sustentabilidade, que argumentou que a alteração tem motivação eleitoral.

O partido citou o discurso de Bolsonaro em convenção que lançou o ex-ministro Tarcísio de Freitas ao governo de São Paulo. Na ocasião, o presidente anunciou mudanças no desfile de Sete de Setembro do Rio -- que passará da Avenida Presidente Vargas, no centro da cidade, para a Avenida Atlântica, em Copacabana.

Segundo a Rede, Bolsonaro quer levar o desfile militar para o mesmo local onde seus apoiadores organizam um ato político.

"No presente caso, o presidente da República se aproveita de sua posição de comandante supremo das Forças Armadas para alterar o local do desfile militar para o mesmo ambiente para o qual previamente convocou seus apoiadores para ato político-eleitoral. É evidente o abuso do poder político e econômico no presente caso, condutas vedadas expressamente pela Constituição e que podem fundamentar a perda de mandato", afirmou a sigla.

Cármen Lúcia também determinou que a Advocacia-Geral da União (AGU) e a Procuradoria-Geral da República (PGR) se manifestem sobre o caso em três dias. Se não houver um posicionamento desses órgãos no prazo, a ministra ordenou que o processo retorne a ela com urgência.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia resgata adolescentes que eram forçadas à prostituição
FRONTEIRA

Polícia resgata adolescentes que eram forçadas à prostituição

JUDICIÁRIO

André Mendonça leva ao plenário do STF ações contra a PEC Kamikaze

SAÚDE

MS cria grupo técnico de enfrentamento à varíola dos macacos

SISTEMA DE PAGAMENTO

Chefe do BC desmente Bolsonaro e diz que bancos não perdem com PIX

Em menos de uma semana, mais um recenseador é assaltado

ASTRONOMIA

'Superlua de esturjão' última do ano será vista nesta quinta-feira

PANTANAL

Trabalhador é resgatado por aeronave após acidente em fazenda

ELEIÇÕES 2022

Consórcio de imprensa suspende realização de debate presidencial

PONTA PORÃ

Homem é preso após receber R$ 1 mil em notas falsas

TÊNIS

Bia Haddad elimina nº 1 do mundo e vai às quartas no Canadá

Mais Lidas

TRAUMATISMO CRANIANO

Madrasta de menina de 7 anos que morreu ao dar entrada na UPA é presa em Dourados

ÁGUIA

Mega-operação mira tráfico de drogas e cumpre 10 mandados em Dourados

BR-376

Morto após capotar veículo carregado com maconha tinha 24 anos

LATROCÍNIO 

Adolescente de 16 e menina de 11 anos matam e jogam corpo de idoso em rio