Menu
Busca terça, 19 de janeiro de 2021
(67) 99257-3397
ELEIÇÕES 2020

Bruno Covas, do PSDB, é reeleito prefeito de São Paulo

29 novembro 2020 - 18h03Por G 1

Bruno Covas (PSDB) foi reeleito neste domingo, dia 29 de novembro, prefeito de São Paulo com 59,45% dos votos válidos, derrotando o candidato Guilherme Boulos (PSOL). Ele toma posse em 1º de janeiro de 2021, e terá como vice o vereador Ricardo Nunes (MDB).

O resultado saiu às 17h59 com 93% das urnas apuradas. Boulos teve 40,55% dos votos válidos.

O tucano foi reeleito com amplo leque de alianças políticas, formando coligação que engloba onze partidos (PSDB, MDB, PP, Podemos, PSC, PL, Cidadania, DEM, PTC, PV e PROS).

O acordo garantiu o maior tempo de propaganda de TV no primeiro turno, mas não elegeu vereadores suficientes para formar maioria na Câmara Municipal (foram 25 das 55 cadeiras).

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESPORTES
São Paulo acerta retorno de artilheira do último Brasileirão Feminino
PESQUISA
Cientista brasileira mulher e negra faz descoberta de método de combate a alopecia
IMUNIZAÇÃO
Hospital Cassems de Campo Grande recebe vacina da Covid-19 nesta quarta
Fazendeiro é multado R$ 6,6 mil por desmatar vegetação nativa
CRIME AMBIENTAL
Fazendeiro é multado R$ 6,6 mil por desmatar vegetação nativa
REGIÃO
Sanesul dá ordem de serviço para obras de Rio Brilhante
BRASIL
Incidência de pedras nos rins aumenta 30% no verão, alertam médicos
TEMPO
Chuva em Dourados já supera o estimado para todo o mês
MATO GROSSO DO SUL
Primeiros imunizados contra Covid-19 relatam emoção e encorajam população
JUSTIÇA
MPT divulga nota técnica sobre medidas de proteção a trabalhadoras gestantes
DOURADOS
Roberto Russi presidente do capítulo 212 da Adonep morre por Covid-19

Mais Lidas

DOURADOS
Morto por descarga elétrica pode ter tentado consertar portão
ACIDENTE
Homem morre após sofrer descarga elétrica em Dourados
DOURADOS
Comitê alerta para crescente da Covid e prefeito expede decreto com novas regras
DOURADOS
Em ação conjunta, polícia deflagra operação para investigar crimes