Menu
Busca segunda, 21 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
BRASIL

Bolsonaro dá nova versão sobre vídeo e diz que publicação é de 2015

28 fevereiro 2020 - 06h37Por G 1

O presidente Jair Bolsonaro deu uma nova versão nesta quinta-feira (27) sobre um vídeo compartilhado com correligionários na terça (25), em sua conta pessoal no WhatsApp. A publicação causou fortes protestos de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), de políticos e de entidades da sociedade civil.

Nesta quarta (26), o presidente disse por meio de redes sociais que "tenho no WhatsApp algumas poucas dezenas de amigos onde, de forma reservada, trocamos mensagens de cunho pessoal". E não contestou que os vídeos, convocando para manifestações organizadas por grupos de direita que apoiam o governo, se referissem a fatos atuais. Os atos foram convocados para protestar contra o Congresso e o Supremo Tribunal Federal. Bolsonaro não citou os dois poderes em suas mensagens.

Nesta quinta-feira (27), o presidente Bolsonaro mudou a versão. Durante live distribuída pelo Palácio do Planalto, disse que o vídeo postado por ele, e revelado pela jornalista Vera Magalhães, do jornal "O Estado de S. Paulo", é de 2015.

A jornalista, fortemente atacada pelo presidente, foi a primeira a publicar dois videos compartilhados por ele no WhatsApp.

Logo após a live, a jornalista publicou uma sequência de videos enviados pelo presidente, na terça- feira. Para comprovar o que dissera, Vera Magalhães mostrou três vídeos sequenciais: no primeiro, o presidente está passeando de moto no Guarujá, onde passou o feriado do carnaval. No segundo, um vídeo que convoca para manifestações, onde constam fatos ocorridos em 2018, como a facada que feriu Bolsonaro. E o terceiro vídeo, também produzido por grupos manifestantes, que traz imagens do dia da posse de Bolsonaro. Todos os vídeos trazem registros de fatos ocorridos depois de 2015.


O jornal "O Estado de S. Paulo" divulgou a seguinte nota: "O Estado de São Paulo lamenta que o Presidente da República ataque a jornalista Vera Magalhães acusando-a de mentir por ter revelado que ele divulgou via Whatsapp 2 vídeos conclamando a participação nas manifestações previstas para o próximo dia 15 de março. Ao agir assim, ignorando os fatos, endossa conteúdos falsos vinculados ao tema que circulam nas redes sociais, algumas com ameaças veladas ou não direcionadas à Vera Magalhães."

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Prefeitura prorroga prazo de inscrição de entidades para participação na revisão do plano diretor
EMERGÊNCIA
Estados pedem ajuda da Força Nacional no combate a incêndios no Pantanal
DOURADOS
Caminhoneiro que causou acidente com vítima grave tem liberdade provisória decretada
R$ 60 MIL
Família de homem morto afogado em 'baile funk' no ano de 2013 será indenizada
FOCOS
Fazendeiros serão autuados pela PMA por crimes ambientais na região do Pantanal
POLÍCIA MILITAR
Homens são presos por furto de pneus em cidade da região Norte de MS
DOURADOS
Motorista bêbado que atropelou cinco não terá fiança e será encaminhado para PED
PRF
Foragido da justiça de MS é preso com carro de luxo no Distrito Federal
POLÍTICA
Bolsonaro recebe credenciais de cinco novos embaixadores no Brasil
BONITO
Condutor deixa carro atravessado em meio fio com 700 kg de maconha

Mais Lidas

RIO BRILHANTE
Homem de 56 anos cai de trator e morre atropelado em fazenda
ESTADO
Confraternização em fazenda termina com tragédia após briga familiar
TRAGÉDIA
Bombeiro em Dourados morre durante acidente em Santa Catarina
DOURADOS
Amigos e familiares de entregador morto em acidente pedem que justiça seja feita