Menu
Busca terça, 30 de novembro de 2021
São Paulo
39°max
24°min
São Paulo
39°max
24°min
São Paulo
39°max
24°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
TERENOS

Barbosinha pede recuperação de ponte e estrada que dá acesso a propriedades rurais

20 outubro 2021 - 11h01Por Da Redação

O deputado Barbosinha apresentou, durante encontro com o secretário de Infraestrutura, Eduardo Riedel, nesta terça-feira (19), um pedido extremamente importante para produtores rurais e proprietários de pesqueiros na região do Recanto Nuara, distrito de Terenos.

O parlamentar pediu a recuperação da ponte de madeira existente sobre o Córrego São José, localizada nas proximidades do Nuara e a realização de serviços de cascalhamento e patrolamento na rodovia MS-447, no trecho entre o distrito de Cipolândia, localizado em Aquidauana, até a Ponte do Grego na MS-352, em Terenos.

Apesar de a ponte estar localizada em uma estrada municipal, de responsabilidade do Executivo do Município de Dois Irmãos do Buriti, o secretário Riedel, garantiu a execução da obra por parte do Governo Estadual. “Saímos do encontro com a garantia de que o Estado vai encaminhar já na próxima semana a licitação para recuperar a ponte, que recebeu reparos,  pela última vez, há mais de um ano ”, disse o deputado.

Recuperação da MS-447

Para recuperação da MS-447, que em sua extensão passa nos perímetros de três municípios da região (Terenos, Dois Irmãos do Buriti e Aquidauana), o deputado defende um somatório de esforços e disse que vai dialogar com os prefeitos das cidades para reforçar com o Governo a importância da solicitação.

“Além de ser um pedido nosso, anseio de produtores da região, essa reivindicação precisa ser conjunta. Já levamos ao conhecimento do Governo e agora vamos propor uma comunhão de esforços, com os prefeitos, para recuperar essa estrada e dar condições melhores para escoar a produção deste local”, defendeu Barbosinha.

O trecho da MS-447, que o deputado pediu as melhorias, é local de grande fluxo de escoamento da produção de gado e leite. Com a chegada da agricultura na região o tráfego de caminhões e maquinários pesados será ainda mais intenso na safra. “Muitos produtores estão buscando outras rotas, em alguns casos mais extensas, para escoar sua produção por conta das más condições e o estado em que essa rodovia está”, comentou o deputado. Hoje a MS-447 é local de fluxo intenso de carretas que transportam gado, calcário, adubos e maquinários pesados. “Do jeito que está, atualmente, essa estrada não comporta e não está preparada para receber tanta demanda. Por isso estamos pedindo essas melhorias”, comentou.

O deputado vai encaminhar documento oficial com o pedido ao governador, Reinaldo Azambuja, ao secretário Eduardo Riedel, e aos prefeitos: Odilon Ribeiro (Aquidauana), Henrique Wancura Budke (Terenos) e Wlademir de Souza Volk – Japão (Dois Irmãos do Buriti). 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Homem morre vítima de acidente de trânsito entre Deodápolis e Ipezal
REGIÃO
Homem morre vítima de acidente de trânsito entre Deodápolis e Ipezal
BRASIL
Câmara aprova medidas de transparência e teto para orçamento secreto
SIDROLÂNDIA
Briga em bar acaba com homem morto a facadas e tiros na cabeça
Procon autua empresa de ônibus por não reservar passagens gratuitas
ANDORINHA
Procon autua empresa de ônibus por não reservar passagens gratuitas
PARANAÍBA
Mulher é presa com cocaína e diz que traficava para ajudar filha deficiente
ELEIÇÕES
TSE divulga resultado do teste de segurança da urna eletrônica
NOVA ANDRADINA
Homem é autuado R$ 5 mil por criar ave silvestre ilegalmente 
FUTEBOL
Messi conquista Bola de Ouro pela 7ª vez; Jorginho fica em 3º
PONTA PORÃ
Durante tempestade, detentos quebram grade e fogem de presídio
EMPREGO
Telebras abre concurso para 1.181 vagas, com salários de até R$ 8,7 mil

Mais Lidas

ITAPORÃ
Ciclista morta após ser atropelada por carreta é identificada
DOURADOS
Vítima diz que assaltante devolveu dinheiro roubado após oração
CAPITAL
PRF que atirou em homem no interior de motel é encontrado morto
DOURADOS
Família procura por jovem que saiu de casa há mais de um mês e não retornou