Menu
Busca sexta, 26 de novembro de 2021
Dourados
32°max
21°min
Campo Grande
31°max
21°min
Três Lagoas
32°max
23°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
ARTICULAÇÃO

Azambuja se reúne com Bolsonaro para melhorar estrutura de combate a incêndios no Pantanal e relicitação da Malha Oeste

26 outubro 2020 - 15h34Por Da Redação

Infraestrutura logística e preservação do meio ambiente foram temas de reunião nesta segunda-feira (26), no Palácio do Planalto, entre o governador Reinaldo Azambuja e o presidente Jair Bolsonaro.

O governador de Mato Grosso do Sul pediu celeridade do governo federal no processo de relicitação da Malha Oeste - que vai de Bauru (SP) a Corumbá. Hoje sob concessão da Rumo, a ferrovia está desativada, mas o Governo do Estado desenvolveu uma série de estudos sobre demanda, mostrando a viabilidade do modal. 

Reinaldo Azambuja também apresentou um projeto de conservação do Pantanal por meio da otimização dos serviços de prevenção e combate a incêndios florestais prestados pelo Corpo de Bombeiros Militar.

A proposta é de um convênio para a aquisição de um helicóptero para operações de salvamento e resgate, de um avião Air Tractor de combate a incêndios florestais e de um caminhão tanque para abastecimento das aeronaves. O investimento de R$ 84,8 milhões seria feito por meio do Fundo de Direitos Difusos, do Ministério da Justiça e Segurança Pública, além de contrapartida estadual.

O governador disse que o presidente Jair Bolsonaro garantiu que os dois projetos serão encaminhadas aos ministérios da Justiça e Segurança Pública e de Infraestrutura para análise.

Reinaldo Azambuja destacou que o Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad) e a Defesa Civil têm emitido avisos e alertas meteorológicos de baixa umidade relativa e que o Corpo de Bombeiro Militar de Mato Grosso do Sul empreende todos os recursos materiais e humanos disponíveis no controle desse cenário.

“O presidente Jair Bolsonaro foi muito receptivo aos nossos pedidos, demonstrando interesse pelas soluções apresentadas para viabilizar logística e estrutura necessárias às ações de prevenção e combate de incêndios no Pantanal e reforçou interesse do Governo federal em alavancar a estrutura logística das ferrovias brasileiras destacando a importância da Malha Oeste”, afirmou Reinaldo Azambuja.

O secretário de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, disse que a nova licitação e a entrada em operação do modal depende de decisão do Ministério da Economia, através da coordenadoria de PPI, e do Ministério da Infraestrutura, e vai fomentar investimentos no Estado. “Neste momento, o que precisamos do governo federal é a celeridade de licitação para que a gente consiga ter o reinvestimento, sabedores que vários investimentos no Estado poderão ser potencializados”, finalizou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORUMBÁ
Policial militar morre após colidir motocicleta contra carro
COVID-19
PGR pede ao STF 10 providências com base em relatório da CPI
GAMELEIRA
Preso é ameaçado após acusações de integrar o Comando Vermelho
LESÕES NA PELE
Estudo associa surto de sarna ao uso indiscriminado de ivermectina
Vítima de homicídio não pode ser sepultada por falta de documento
Vítima de homicídio não pode ser sepultada por falta de documento
CULTURA
Mostra Audiovisual de Dourados anuncia vencedores das categorias
CAPITAL
Ferido com tiro na boca por PRF está na área vermelha de hospital
JUDICIÁRIO
2ª Turma do STF derruba bloqueio de bens de Lula pela Lava Jato
FRONTEIRA
Suspeito de ligação em sequestro e assassinato de colono é preso
IBGE
Censo 2022: Fundação Getúlio Vargas fará concurso para 206 mil vagas

Mais Lidas

ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Jovem é preso após manter relacionamento com menina de 11 anos em Dourados
DOURADOS
Menina diz que mantinha relações sexuais com acusado de estupro desde os 10 anos
CANIS E URANO
PF deflagra operações com alvos em comum e cumpre mandados em Dourados
DOURADOS
TJ revoga ordem para policial pagar pensão à família de homem que matou no cinema