Menu
Busca sexta, 04 de dezembro de 2020
(67) 99659-5905
ARTICULAÇÃO

Azambuja se reúne com Bolsonaro para melhorar estrutura de combate a incêndios no Pantanal e relicitação da Malha Oeste

26 outubro 2020 - 15h34Por Da Redação

Infraestrutura logística e preservação do meio ambiente foram temas de reunião nesta segunda-feira (26), no Palácio do Planalto, entre o governador Reinaldo Azambuja e o presidente Jair Bolsonaro.

O governador de Mato Grosso do Sul pediu celeridade do governo federal no processo de relicitação da Malha Oeste - que vai de Bauru (SP) a Corumbá. Hoje sob concessão da Rumo, a ferrovia está desativada, mas o Governo do Estado desenvolveu uma série de estudos sobre demanda, mostrando a viabilidade do modal. 

Reinaldo Azambuja também apresentou um projeto de conservação do Pantanal por meio da otimização dos serviços de prevenção e combate a incêndios florestais prestados pelo Corpo de Bombeiros Militar.

A proposta é de um convênio para a aquisição de um helicóptero para operações de salvamento e resgate, de um avião Air Tractor de combate a incêndios florestais e de um caminhão tanque para abastecimento das aeronaves. O investimento de R$ 84,8 milhões seria feito por meio do Fundo de Direitos Difusos, do Ministério da Justiça e Segurança Pública, além de contrapartida estadual.

O governador disse que o presidente Jair Bolsonaro garantiu que os dois projetos serão encaminhadas aos ministérios da Justiça e Segurança Pública e de Infraestrutura para análise.

Reinaldo Azambuja destacou que o Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad) e a Defesa Civil têm emitido avisos e alertas meteorológicos de baixa umidade relativa e que o Corpo de Bombeiro Militar de Mato Grosso do Sul empreende todos os recursos materiais e humanos disponíveis no controle desse cenário.

“O presidente Jair Bolsonaro foi muito receptivo aos nossos pedidos, demonstrando interesse pelas soluções apresentadas para viabilizar logística e estrutura necessárias às ações de prevenção e combate de incêndios no Pantanal e reforçou interesse do Governo federal em alavancar a estrutura logística das ferrovias brasileiras destacando a importância da Malha Oeste”, afirmou Reinaldo Azambuja.

O secretário de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, disse que a nova licitação e a entrada em operação do modal depende de decisão do Ministério da Economia, através da coordenadoria de PPI, e do Ministério da Infraestrutura, e vai fomentar investimentos no Estado. “Neste momento, o que precisamos do governo federal é a celeridade de licitação para que a gente consiga ter o reinvestimento, sabedores que vários investimentos no Estado poderão ser potencializados”, finalizou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Ministro ressalta sucesso de leilão de petróleo em ano de pandemia
BRASIL
Ministro ressalta sucesso de leilão de petróleo em ano de pandemia
NIOAQUE
Polícia cumpre mandado de prisão contra foragido da Justiça durante abordagem
Datas e horários das quartas da Libertadores e Sul-Americana são divulgadas
Conmebol
Datas e horários das quartas da Libertadores e Sul-Americana são divulgadas
Sanesul e prefeitura de Bataguassu confirmam área para novo poço de água
INVESTIMENTOS
Sanesul e prefeitura de Bataguassu confirmam área para novo poço de água
CAMPO GRANDE
Autor de agressões que vitimaram jovem deve indenizar família da vítima
PRIMEIRA VOTAÇÃO
Assembleia aprova por unanimidade ampliação do programa Bolsa Atleta e Bolsa Técnico
LOTERIA
Mega-Sena pode pagar R$ 11 milhões amanhã
CAARAPÓ
Justiça converte para preventiva prisão de jovem que matou namorada adolescente
FUNCIONALISMO PÚBLICO
Governo convoca 19 candidatos de três processos seletivos da Saúde
PANDEMIA 
Curva do coronavírus continua em ascensão e MS soma quase 1,2 mil novos casos

Mais Lidas

POLÍCIA
Homem é encontrado morto em ponte próximo à Vila Cachoeirinha 
CAARAPÓ
Jovem que matou companheira com mata-leão é autuado em flagrante por homicídio doloso
ACIDENTE
Rodas de carreta se soltam e atingem mulher na calçada em Amambai
DOURADOS
Corpo encontrado na pedreira é de homem desaparecido há quatro dias