Menu
Busca segunda, 18 de janeiro de 2021
(67) 99659-5905
ALEMS

Aprovado projeto do deputado Marçal Filho que identifica autistas no RG

01 dezembro 2020 - 13h00Por Da redação

Acesso prioritário aos serviços públicos e privados é uma conquista que as pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) terão com a emissão da carteira de identidade do autista em Mato Grosso do Sul.

O Projeto de Lei, de autoria do deputado estadual Marçal Filho (PSDB), foi aprovado nesta terça-feira (1º) na Assembleia Legislativa e segue para sanção do Governo do Estado.

A iniciativa do projeto é fundamentada no Decreto Federal nº 9.278/2018, que trata sobre identificação das condições específicas de pessoas com deficiência. Acontece que nem toda deficiência é visível, com evidência física ou alteração na aparência, e as pessoas com TEA enfrentam dificuldades em serem reconhecidas e terem seus direitos respeitados.

Conforme o Projeto de Lei, a informação “pessoa com transtorno de espectro autista” na carteira de identidade será incluída sem qualquer custo. Para isso, o titular ou o seu representante legal vão poder requerer essa classificação de autista mediante relatório médico, atestando o diagnóstico de Transtorno do Espectro Autista, firmado por médico especialista em Neurologia ou Psiquiatria.

Constando na Carteira de Identidade a condição de autista, conforme explica o autor da lei, o deputado Marçal Filho, fica assegurado para a pessoa identificada o atendimento prioritário em todas as áreas e segmentos dos serviços públicos e privados, em especial na área de saúde, educação e assistência social. "Será possível agilizar atendimentos, diminuindo a burocracia, o constrangimento, a demora no atendimento e o desgaste psicológico", esclarece o deputado.

Pessoas com autismo enfrentam muitas dificuldades em serem reconhecidas e terem seus direitos respeitados. Dessa forma, o Projeto de Lei tem como objetivo avalizar o reconhecimento em documento oficial como garantia de direitos básicos. Embora haja informações e campanhas nacionais sobre o espectro de autismo, muitos pais ainda enfrentam situações como preconceito e desconforto quando buscam atendimento nas redes públicas e privadas.

O Transtorno do Espectro Autista é uma disfunção neurológica e engloba diferentes características como dificuldade de comunicação por deficiência no domínio da linguagem, dificuldade de formar o raciocínio lógico, dificuldade de socialização, desenvolvimento de comportamentos restritivos e repetitivos.

Legenda: Lei vai garantir atendimento prioritário ao autista em todas as áreas dos serviços públicos e privados, diz Marçal

Deixe seu Comentário

Leia Também

Comitê alerta para crescente da Covid e prefeito expede decreto com novas regras
DOURADOS
Comitê alerta para crescente da Covid e prefeito expede decreto com novas regras
TERENOS
Homem é encontrado morto em varanda de residência
MS terá "pacote" de obras de R$ 376 milhões para pavimentação e restauração de estradas
INVESTIMENTO
MS terá "pacote" de obras de R$ 376 milhões para pavimentação e restauração de estradas
DEFINIÇÃO
Inep abre novo prazo para candidatos com Covid pedirem reaplicação do Enem 2020
MINISTRO DA SAÚDE
Pazuello diz que começa a distribuir vacinas às 7h de segunda-feira para todos os estados
CORONAVÍRUS
Distribuição de vacina será acompanhada pelas forças de segurança federais e estadual
MEDIDA
Proibição de corte no fornecimento de água segue até o fim de janeiro na capital
SEU BOLSO
Órgãos de proteção alertam consumidor sobre compra de material escolar
DOURADOS
Morto por descarga elétrica pode ter tentado consertar portão
PANDEMIA
Permanece alta taxa de ocupação de leitos UTI Covid-19 em Dourados

Mais Lidas

DOURADOS 
Jovem cai de moto e pede ajuda após levar facada
PANDEMIA 
Dourados tem oito mortes por Covid em 24 horas  
OPERAÇÃO
Polícia fecha "boca de fumo" comandada por família no Canaã IV
DOURADOS 
Prefeitura anula 75 das exonerações anunciadas no meio da semana