Menu
Busca quarta, 28 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
HABEAS CORPUS

Após passar 40 horas na prisão, André Puccinelli e filho voltam para casa

15 novembro 2017 - 17h18Por Da Redação

Depois de passar aproximadamente 40 horas na prisão, o ex-governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB) e o filho dele, André Puccinelli Júnior, deixaram o Centro de Triagem do Complexo Penitenciário de Campo Grande, no Jardim Noroeste. Os dois saíram do presídio em um veículo Renault Duster na tarde desta quarta-feira, dia 15 de novembro, sem falar com a imprensa. De acordo com o advogado João Vicente Freitas Barros, pai e filho foram direto para casa para descansarem.

Para evitar a imprensa, o advogado entrou com o veículo na garagem do Centro de Triagem. De lá, já saiu com o ex-governador e o filho dele. Antes disso, Barros falou com a imprensa e informou que os seus clientes iriam para casa, por estarem muito cansados. Na saída do presídio, no trajeto para o carro, Puccinelli ainda cumprimentou um agente penitenciário.

Ele e o filho ficaram presos cerca de 20 horas no Centro de Triagem. No entanto, o tempo desde  condução de Puccinelli e Puccinelli Júnior pela Polícia Federal para realização de todo o trâmite para as prisões decorreram aproximadamente 40 horas. 

O alvará de soltura foi entregue no presídio por volta das 12h30 de hoje. Só depois de três horas e meia, Puccinelli e Puccinelli Júnior foram liberados. Barros explicou que a demora decorreu de problemas no site da CNJ (Confederação Nacional de Justiça), necessário para realização de parte dos procedimentos de soltura. 

Barros explicou que a decisão do desembargador Paulo Fontes, expedida em curto intervalo de tempo, fundamentou-se em argumento de falta de contemporaneidade. Ou seja, as alegações usadas na prisão do ex-governador "seriam antigas".

Livres das prisões, André Puccinelli e André Puccinelli Júnior deverão cumprir medidas cautelares. Tiveram de entregar seus passaportes, não podem deixar Campo Grande por mais de 15 dias sem autorização judicial e devem se apresentar em juízo mensalmente. 

Parte dessas medidas já valiam para Puccinelli desde maio deste ano, quando, na 4ª fase da Lama Asfáltica, André Puccinelli chegou a usar tornozeleira para não ser preso e pagar fiança de R$ 1 milhão. Dessa vez, não há previsão de fiança.

Com informações do site Campo Grande News.

Deixe seu Comentário

Leia Também

INSCRIÇÕES
Comarca de Aquidauana selecionará estagiários de Direito
NAVIRAÍ
Homem agride esposa e tenta queimar casa onde filho de 7 meses dormia
SELIC
Copom decide manter juros básicos da econômia em 2% ao ano
JARDIM
Briga após dia de trabalho termina com funcionário de fazenda morto
ECONOMIA
Governador anuncia pagamento de outubro e garante o 13° salário
CAMPO GRANDE
Adolescente que estava desaparecida desde sexta-feira é encontrada
FUTEBOL
Com um a menos, Santos segura empate com Ceará pela Copa do Brasil
ECONOMIA
Dólar dispara e fecha cotado a R$ 5,76
CLIMA
Tempo muda nas próximas horas e há risco de temporal em Mato Grosso do Sul
COXIM
Usuário de cocaína dispara contra residência e acaba preso em flagrante

Mais Lidas

DOURADOS
Enquanto filma chuva, interno mostra ‘plantação’ de maconha em cela da PED
GRANDE DOURADOS
Cobertura de barracão de cerealista ‘voa’ com o vento; veja vídeo
BR-463
Homem para carro em bloqueio, desce atirando e morre em confronto com a polícia
DOURADOS
Délia decreta emergência por causa de danos provocados pela tempestade