Menu
Busca sábado, 11 de julho de 2020
(67) 99659-5905
AGENDA

ALEMS fecha ano com reuniões de CPI, de frente parlamentar e fórum

15 dezembro 2019 - 19h38Por da Redação

Na última semana legislativa de 2019, de 16 a 20 de dezembro, o Parlamento sul-mato-grossense realizará reunião da Frente Parlamentar para a Regularização Fundiária, fórum com lideranças indígenas e sessão da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito), que investiga eventuais irregularidades praticadas pela concessionária Energisa.  

Além desses eventos, ocorrerão as atividades ordinárias do Parlamento: reunião semanal da CCJR (Comissão de Constituição, Justiça e Redação), às 8h de quarta-feira; e sessões plenárias às terças, quartas e quintas-feiras, a partir das 9h. 

Terça-feira (17 de dezembro)

Além da reunião ordinária, a CCJR realizará, a parir das 8h, no Plenarinho Deputado Nelito Câmara, sessão extraordinária, convocada pelo deputado Lidio Lopes (PATRI), presidente do grupo de trabalho. A realização de sessão extraordinária é necessária, devido à proximidade do recesso parlamentar e do volume de projetos a serem apreciados.

Os integrantes da Frente Parlamentar para a Regularização Fundiária se reunirão a partir das 14h no Plenarinho Nelito Câmara, na Casa de Leis. Na pauta, está prevista a apresentação de proposta do grupo técnico de alteração da Lei 13.465/2017, que dispõe sobre a regularização fundiária rural e urbana. Outro assunto a ser tratado no encontro é sobre o trabalho de coleta de informações nos assentamentos relativas ao Censo 2020.

Na reunião da Frente Parlamentar, também deverá ser discutida a regularização do fornecimento de energia nas pequenas propriedades rurais. Está pautada, ainda, a apresentação da conclusão dos trabalhos sobre os limites de Jaraguari, Rochedo e Bandeirantes. Por fim, está prevista a discussão sobre os ofícios enviados pela Frente referentes a demandas do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e à solicitação feita à ministra da Agricultura, Tereza Cristina, de fornecimento de energia aos assentamentos.

Quarta-feira (18 de dezembro)

Durante a tarde, será realizada sessão ordinária da CPI da Energisa. O grupo, presidido pelo deputado Felipe Orro (PSDB), apura irregularidades relacionadas à empresa Energisa, concessionária de energia de Mato Grosso do Sul. A reunião será das 14h às 17h no Plenarinho Deputado Nelito Câmara, na Assembleia Legislativa.

A CPI foi instaurada no dia 12 de novembro, após requerimento, apresentado por Felipe Orro e assinado por todos os parlamentares da ALEMS. São titulares da CPI, além de Orro, os deputados Capitão Contar (PSL), João Henrique (PL), Renato Câmara (MDB) e Barbosinha (DEM).  

Quinta-feira (19 de dezembro)

Por proposição do deputado Neno Razuk (PTB), a ALEMS realizará o 1º Fórum de Caciques de Campo Grande. O evento proporcionará espaço para discussão sobre problemas que afetam as comunidades indígenas rurais e urbanas de Mato Grosso do Sul. O fórum será realizado das 14h às 17h no Deputado Plenarinho Nelito Câmara, na Casa de Leis. São esperados 14 caciques, além de vice-caciques e outras lideranças.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

FUTEBOL
Fifa adia início das eliminatórias sul-americanas para outubro
CAMPO GRANDE
Polícia encontra mais de 100kg de drogas em residência
CASSEMS
Veja quem pode e como realizar testes rápido e molecular para detecção de Covid-19
REGIÃO
PMA apreende petrechos ilegais de pesca no rio Miranda
BRASIL
Mourão: empresários pedem definição de metas para a Amazônia
LADÁRIO
Homem posta vídeo de manobras perigosas em caminhonete e é multado
ECONOMIA
Dólar fecha em queda nesta sexta em semana marcada por sobe e desce
CAMPO GRANDE
Corpo de homem com mãos e pés amarrados é encontrado em mata
MS-162
Mais de meia tonelada é apreendida em Dourados após perseguição
BRASIL
Prova de vida de aposentados e pensionistas é suspensa até setembro

Mais Lidas

ACIDENTE DE TRABALHO
Douradense morre após ser atingido na cabeça por peça de elevador de 20kg
PANDEMIA
Pneumologista é o terceiro médico a morrer por covid-19 em Dourados
DOURADOS
“Ele não conseguiu terminar o último plantão”, diz esposa de médico vítima da Covid
DOURADOS
Decreto é alterado e agora autoriza delivery e drive-thru para bares e conveniências