Menu
Busca terça, 28 de setembro de 2021
(67) 99257-3397
CUMPRIMENTO DE MANDADO

Polícia prende em MS assassino de policial paulista

30 agosto 2014 - 11h30

Policiais Civis do SIG (Serviço de Investigação Geral) de Nova Andradina, deram cumprimento ao mandado de prisão expedido pela comarca de Rosana (SP), em desfavor de Douglas Ferreira de Barros, de 31 anos, mais conhecido como “Dodô”. A prisão aconteceu na quinta-feira (28) à tarde.

O mandado se refere a um homicídio doloso, sendo que Douglas foi condenado a 18 anos e oito meses de reclusão, pelo crime ocorrido em 22 de março de 2005, quando ele teria matado um policial civil no Distrito de Primavera, município de Rosana (SP).

Douglas foi preso na região da Vila Operária em Nova Andradina e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil, de onde foi transferido nesta sexta-feira (29) para a Delegacia de Polícia de Primavera (SP).

Deixe seu Comentário

Leia Também

LOTERIA
Lotomania passa a ter três sorteios semanais a partir de sexta-feira
VIOLÊNCIA
Homem com "mania de perseguição" é encontrado morto com corte no pescoço
NÚMEROS DA PANDEMIA
Brasil registra mais 818 mortes por Covid e ultrapassa 595 mil
NOVA ANDRADINA
Ex-vereador é preso por furtar insumos agropecuários de prefeitura
Detran-MS encerra curso de agente de trânsito com blitz em Dourados
GERAL
Detran-MS encerra curso de agente de trânsito com blitz em Dourados
CAPITAL
Detento de 37 anos é encontrado morto em cela de Presídio
FUTEBOL
Uefa e Conmebol anunciam a criação da Super Copa dos Campeões
REGIÃO
Polícia prende investigado por estupro de vulnerável
Fundação de Cultura divulga relação dos beneficiados no "MS Cultura Cidadã"
SAÚDE
Pfizer pede à Anvisa que avalie eficácia de terceira dose da vacina

Mais Lidas

REGIÃO
Acidente entre Dourados e Fátima do Sul matou mulheres e deixou policial ferido
EXECUÇÃO
Justiceiros matam mais um na fronteira e deixam recado
DOURADOS
Mulher é agredida em discussão e desfere golpe de faca no órgão genital do companheiro
HOMICÍDIO
Com tiros na cabeça e peito, jovem é executado em Pedro Juan Caballero