Menu
Busca terça, 09 de março de 2021
(67) 99257-3397

Poderes de MS prestarão contas amanhã na Assembléia

24 março 2004 - 14h36

Os membros da Comissão de Acompanhamento da Execução Orçamentária se reúnem amanhã, às 15 horas, com representantes do governo de Mato Grosso do Sul, para a prestação de contas dos Poderes Legislativo, Executivo e Judiciário. De acordo com o presidente da comissão, deputado Antônio Carlos Arroyo (PL), a reunião atende a exigência da LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal), que determina a prestação de contas dos poderes a cada quatro meses.A reunião, que será no plenário Júlio Maia, na Assembléia Legislativa de Mato Grosso do Sul, contará com a presença dos deputados Onevan de Matos (vice-presidente), Antônio Braga, Akira Otsubo e Nelsinho Trad, que são membros titulares da comissão.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA
Cabo é condenado após exigir R$ 10 mil a soldado por fotos íntimas
JUDICIÁRIO
Entenda por que Fachin anulou todas as condenações de Lula na Lava Jato
Dono de borracharia é autuado por comercialização ilegal de combustível
NOVA ANDRADINA
Dono de borracharia é autuado por comercialização ilegal de combustível
BRASIL
Receita esclarece como declarar redução de jornada no Imposto de Renda
SIDROLÂNDIA
Homem invade casa, agride a ex-mulher grávida e se esconde em matagal
VACINA
Pazuello muda de novo previsão de doses que Brasil terá em março
ANACHE
Escondido entre plantas, três são presos com 42 porções cocaína e maconha
REGIÃO
Governo e bancada federal entregam ônibus escolar aos 79 municípios de MS
BATAGUASSU
Condenado por estupro de vulnerável é preso pela Polícia Civil
OPORTUNIDADE
Pátio Zero: Detran abre novo leilão e 75 veículos poderão voltar a circular

Mais Lidas

CENTRO
Douradense é assaltado ao sair de casa para pedalar na madrugada
BR-163
Carreta pega fogo após colisão, interdita pistas e deixa rodovia congestionada
POLÍCIA
Homem tem residência alvejada por disparos de arma de fogo em Dourados
DOURADOS
Secretário descarta lockdown, mas alerta para possíveis restrições após lotação de UTI's/SUS