Menu
Busca sexta, 05 de março de 2021
(67) 99257-3397

PMA multa pecuarista de Corumbá em R$ 137 mil

15 abril 2004 - 18h16

A PMA (Polícia Militar Ambiental) autuou na tarde de hoje, o pecuarista Alexandre Lebedenqo, na região de Nabileque, distante 250 quilômetros de Corumbá, pela prática de crime ambiental. Os policiais apreenderam na propriedade dele, a fazenda Estrela, 820 lascas de aroeira, sendo que 350 utilizadas em cercas, e 470 lascas da espécie "quebra-macho"; todas retiradas sem autorização do Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis). Alexandre foi multado em R$ 137,7 mil e tem um prazo de 15 dias para recorrer da autuação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Garras inaugura Centro de Treinamento Tático e comemora 30 anos de história
SEGURANÇA PÚBLICA
Garras inaugura Centro de Treinamento Tático e comemora 30 anos de história
PANDEMIA
Brasil registra aumento de 11% em mortes por covid-19 em uma semana
PM apreende carga de cigarros em dois carros que seguiam para Campo Grande
CONTRABANDO
PM apreende carga de cigarros em dois carros que seguiam para Campo Grande
Pandemia prejudica transplante de órgãos no Brasil
SAÚDE
Pandemia prejudica transplante de órgãos no Brasil
Grêmio confirma renovação com Renato Portaluppi para 2021
FUTEBOL
Grêmio confirma renovação com Renato Portaluppi para 2021
LEGISLATIVO
Mais dois municípios de MS têm calamidade pública prorrogada
COVID
'Dia D' quer vacinar 400 pessoas de grupos prioritários no sábado
MATO GROSSO DO SUL
Executivo envia projeto para criar fundação de apoio à pesquisa e à Educação
BOLETIM
Covid faz novas vítimas fatais e outras 65 pessoas contraem o vírus em Dourados
LOTERIAS
Sorteio da Mega pode pagar prêmio de R$ 22 milhões amanhã

Mais Lidas

DOURADOS 
Vídeo mostra momento da colisão entre veículos em Dourados
PONTA PORÃ
Casal é assassinado na fronteira e corpos são deixados um ao lado do outro
NOVA DOURADOS
Colisão entre veículos deixa pessoa gravemente ferida em Dourados
PANDEMIA 
Secretário alerta para nova variante do coronavírus na região da Grande Dourados