quarta, 08 de dezembro de 2021
Dourados
35°max
21°min
Campo Grande
32°max
22°min
Três Lagoas
35°max
20°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

PM do Estado enfrenta falta de algemas, coletes e armas

17 dezembro 2003 - 15h01

Além de denunciar a falta de efetivo, o presidente da ACSPMCB/MS (Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul), José Florêncio de Melo Irmão, disse hoje que Polícia Militar do Estado também enfrenta insuficiência de algemas, coletes e armas. Conforme ele, a Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública não tem conseguido equipar a corporação de forma a garantir a segurança da população. Melo Irmão revela que o problema é mais visível na Companhia de Guarda Escolta de Campo Grande, onde há falta de algemas para os presos que são levados para prestar depoimentos. Hoje, o cabo PM José Carlos do Nascimento, que comandou a equipe de escolta no dia que o traficante Romilton Queiroz Hosi fugiu do Fórum de Campo Grande, revelou ao juiz Alexandre Antônio que a Guarda Escolta da Polícia Militar não tem algemas e nem veículos suficientes para fazer o translado de presos dos presídios e delegacias ao Fórum. Conforme Nascimento, essa seria a explicação para o fato de Hosi não estar algemado no dia da fuga ocorrida em 18 de novembro deste ano de dentro do Fórum. Além disso, ele revelou ainda que nesse dia foram 32 audiências e a Companhia de Guarda Escolta tinha cinco algemas para os conduzir todos os presos.O ex-comandante da Companhia de Guarda Escolta, o coronel PM Carlos Alberto Paes, também confirmou a falta de equipamento de segurança para o transporte de presos. Ele disse que sempre enviou ofício para a Secretaria de Justiça e Segurança Pública requerendo novos equipamentos, mas a resposta era que precisava fazer licitação e isso era demorado. “Algema é essencial, os presos danificam, amassam e devem ser repostas mensalmente e sempre teve falta”, informou Paes. Já o novo comandante da Guarda Escolta, o major PM Edson Machado de Souza, não confirmou as denúncias, mas disse que não é possível fazer transporte de preso sem algemas. “Na Companhia tem equipamento suficiente para atender as necessidades”, garantiu.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL

Aluna de autoescola 'afoga' carro, motorista se irrita e esfaqueia pedestre

POLÍTICA

'Melhor perder a vida do que a liberdade', diz Ministro da Saúde Queiroga

Polícia apreende veículo carregado com maconha na região de fronteira
PARANHOS

Polícia apreende veículo carregado com maconha na região de fronteira

EX-PRESIDENTE DA CÂMARA

Justiça anula condenação de Eduardo Cunha a mais de 24 anos de prisão

Acidente envolvendo caminhonete e carretas deixa um morto na BR-158
CASSILÂNDIA

Acidente envolvendo caminhonete e carretas deixa um morto na BR-158

ENTRADA NO BRASIL

Governo rejeita barrar viajantes não vacinados e exigirá quarentena de 5 dias

Integrante do PCC foragida desde 2019 é presa por matar adolescente

EDUCAÇÃO

Instituto Federal abre 1.140 vagas em cursos técnicos a distância

NAVIRAÍ

Polícia Militar Ambiental recupera veículo furtado na rodovia MS-489

CASO TRIPLEX

MP vê prescrição e decide não apresentar nova denúncia contra Lula

Mais Lidas

OPERAÇÃO GEMINUS

Dono de transportadora de Dourados é preso em Operação que investiga tráfico de cocaína

REGIÃO

Douradense se afoga em balneário de Fátima do Sul

RIO DOURADOS

Bombeiros localizam corpo de douradense que se afogou em Fátima do Sul

OPERAÇÃO GEMINUS

PF cumpre 11 mandados em Dourados contra esquema de tráfico internacional de drogas