Menu
Busca quinta, 13 de agosto de 2020
(67) 99659-5905

PM do Estado enfrenta falta de algemas, coletes e armas

17 dezembro 2003 - 15h01

Além de denunciar a falta de efetivo, o presidente da ACSPMCB/MS (Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul), José Florêncio de Melo Irmão, disse hoje que Polícia Militar do Estado também enfrenta insuficiência de algemas, coletes e armas. Conforme ele, a Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública não tem conseguido equipar a corporação de forma a garantir a segurança da população. Melo Irmão revela que o problema é mais visível na Companhia de Guarda Escolta de Campo Grande, onde há falta de algemas para os presos que são levados para prestar depoimentos. Hoje, o cabo PM José Carlos do Nascimento, que comandou a equipe de escolta no dia que o traficante Romilton Queiroz Hosi fugiu do Fórum de Campo Grande, revelou ao juiz Alexandre Antônio que a Guarda Escolta da Polícia Militar não tem algemas e nem veículos suficientes para fazer o translado de presos dos presídios e delegacias ao Fórum. Conforme Nascimento, essa seria a explicação para o fato de Hosi não estar algemado no dia da fuga ocorrida em 18 de novembro deste ano de dentro do Fórum. Além disso, ele revelou ainda que nesse dia foram 32 audiências e a Companhia de Guarda Escolta tinha cinco algemas para os conduzir todos os presos.O ex-comandante da Companhia de Guarda Escolta, o coronel PM Carlos Alberto Paes, também confirmou a falta de equipamento de segurança para o transporte de presos. Ele disse que sempre enviou ofício para a Secretaria de Justiça e Segurança Pública requerendo novos equipamentos, mas a resposta era que precisava fazer licitação e isso era demorado. “Algema é essencial, os presos danificam, amassam e devem ser repostas mensalmente e sempre teve falta”, informou Paes. Já o novo comandante da Guarda Escolta, o major PM Edson Machado de Souza, não confirmou as denúncias, mas disse que não é possível fazer transporte de preso sem algemas. “Na Companhia tem equipamento suficiente para atender as necessidades”, garantiu.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LOTERIA
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 12,5 milhões nesta quinta-feira
TV DOURADOS NEWS
Virgínia Magrini fala sobre direitos humanos e oncologia em Dourados
COMANDO
Corpo de Bombeiros reativa curso para formação de oficiais combatentes
ECONOMIA
MS tem a 5ª maior produção de grãos do país, com 19,9 milhões de toneladas
AJUDA DE 600 REAIS
Quatro milhões de pessoas podem sacar hoje o auxílio emergencial
UNIGRAN
Projeto de sustentabilidade de acadêmica recebe Moção de Congratulação
ANASTÁCIO
Prefeito é condenado 18 anos depois e terá que devolver R$ 1,4 milhão
TEMPO
Quinta-feira nublada com possibilidade de chuva em Dourados
PORTO MURTINHO
Após 58 dias internado, homem que caiu de ponte morre na Santa Casa
COVID-19
Bonito registra a primeira morte causada pelo novo coronavírus

Mais Lidas

DOURADOS
Amigos vão procurar homem e encontram corpo em avançado estado de decomposição
DOURADOS
Preso no Ipê Roxo era investigado desde fevereiro por estupro do sobrinho
DOURADOS
Com gritos de "pega ladrão", grupo é flagrado furtando carro no Jardim Paulista
CAMPO GRANDE
Homem fica preso às ferragens após colisão entre carro e caminhão