Menu
Busca sábado, 23 de janeiro de 2021
(67) 99257-3397

Plano Safra: BB começa a liberar recursos em Nioaque

30 setembro 2003 - 14h18

Produtores da região de Nioaque (Sudoeste do Estado) começaram a receber hoje os recursos financeiros do Plano Safra 2003/2004 destinado à agricultura familiar. Em solenidade realizada pela manhã, no salão Paroquial do município, mais de 200 agricultores participaram do ato de liberação dos primeiros contratos de custeio da safra agrícola. Até o momento já foram liberados 140 projetos de financiamento, que totalizam R$ 330 mil. Nos próximos dias, deverão ser liberados mais R$ 547 mil dos 217 projetos já protocolados. Naquela região, o número de contratos deve ultrapassar 600, sendo que os recursos deverão ser utilizados em custeio de pecuária de leite e nas culturas de algodão, mandioca, milho e feijão. Também foi anunciada a compra de 2.570 quilos de feijão pelo programa Fome Zero proveniente dos assentamentos da região de Nioaque.O secretário de Estado de Desenvolvimento Agrário, Valteci Ribeiro de Castro Júnior, Mineiro, falou, em seu discurso, da importância de a liberação dos recursos estar acontecendo na época certa. “Com isso, estamos lançando as bases para um novo momento para o País, em que a agricultura familiar e a reforma agrária são as grandes responsáveis pela geração de empregos e pelo desenvolvimento dos municípios”, disse. O presidente da Associação Comercial e Agroindustrial de Nioaque, Henry Ceolin, destacou a importância dos assentamentos para o comércio local, que sobrevive graças aos movimento desencadeado com a implantação dos assentamentos. “Mais de 80% do comércio local sobrevive graças à presença dos agricultores familiares, que prestigiam nossos produtos e consomem na região”, afirmou.Também participou da solenidade o gerente de agronegócios do Banco do Brasil, Carlos Werner, que destacou a nova fase vivida pela instituição, que dispõe de funcionários treinados e um sistema atualizado para atender o agricultor familiar. Também participaram do evento o prefeito de Nioaque, Noé Nogueira Filho; Orley Paulo Dias, gerente local do Banco do Brasil; Antonio Barone, representante da Coams; e, Elaine Becker, gerente local do Idaterra (Insituto do Desenvolvimento Agrário, Assistência Técnica e Extensão).  

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
SES reforça as ações de mobilização e conscientização sobre Hanseníase em MS
ECONOMIA
Projeto institui o Código de Defesa do Empreendedor e facilita renegociação de dívidas
OPINIÃO
Um Lugar para Celebrarmos no Pós Pandemia
Mais três mortes por Covid são confirmadas em dia com 124 novos casos
DOURADOS
Mais três mortes por Covid são confirmadas em dia com 124 novos casos
PANDEMIA 
Amazonas receberá cota extra de vacinas para frear pandemia
EM REUNIÃO
Brasil e Argentina discutem desburocratização para navegação na hidrovia Paraguai-Paraná
FRONTEIRA
Casal é preso com carga de produtos de origem estrangeira sem documentação
REGIÃO
Com tornozeleira eletrônica, homem tenta fugir da PRF e acaba preso
ARTESANAL
Linguiça tradicional de Maracaju é o segundo produto a receber o Selo Arte em MS
FUTEBOL
Vasco pega Atlético Mineiro para tentar sair do Z4 no brasileirão

Mais Lidas

CENTRO
Primeiro acidente de trânsito com vítima fatal neste ano é registrado em Dourados
DOURADOS
Segundo corpo encontrado às margens da BR-163 é identificado
VIAGEM SANTA
PF deflagra operação contra tráfico de drogas em empresas de turismo religioso de Dourados
DOURADOS
Um dos corpos encontrados às margens da BR-163 foi quase decapitado