Menu
Busca quarta, 08 de abril de 2020
(67) 9860-3221

Plano Estadual de Cultura é aberto para consulta pública na internet

21 dezembro 2012 - 13h43

Planejar as estratégias da cultura sul-mato-grossense para os próximos dez anos é o objetivo do Plano Estadual de Cultura (PEC). Para tornar ainda mais democrática a construção do PEC, uma nova consulta pública será aberta a população do Estado para que esta possa sugerir sobre as metas e ações a serem alcançadas no âmbito das políticas voltadas para a cultura. A consulta está aberta ao cidadão a partir de hoje a 20 de janeiro de 2013 no site www.fundacaodecultura.ms.gov.br/pecms.

Em agosto deste ano foi realizada a consulta pública nos municípios que compõem os quatro territórios em que o Estado foi divido como forma de tornar as discussões sobre o Plano de acordo com a realidade de cada cidade, nesses territórios também foram realizados seminário e reuniões que trataram das diretrizes e ações do PEC. As contribuições foram sistematizadas e avaliadas pela Comissão Executiva do Plano Estadual de Cultura e agora estarão disponíveis para receber contribuições de todos os setores da área cultural, bem como gestores públicos , entidades da iniciativa pública e privada, bem como de qualquer cidadão sul-mato-grossense.

Além de outros assuntos pontuais o documento também traz trinta e cinco metas que estarão disponibilizadas no ambiente virtual, dentre elas a implantação do Sistema Estadual de Cultura (SIEC), integrando em 100% os municípios com sistemas de cultura, a previsão na ampliação dos Pontos de Cultura e o aumento em 100% no emprego formal do setor cultural. Também prevê o aumento em 50% na participação da produção audiovisual independente na programação dos canais de televisão. Essas e as outras metas que estarão disponíveis para sugestões e críticas surgiram do debate de idéias que o Estado já vem realizando desde 2005, quando houve o início das discussões de um plano que pudesse nortear as políticas públicas voltadas para a área de cultura em âmbito nacional.

Nesse momento é imprescindível que a sociedade participe da construção do Plano, como forma de atender os anseios e necessidades relativos à área cultural. Para o presidente do Fórum Municipal de Cultura Victor Hugo Samúdio, “O Plano Estadual de Cultura do ponto de vista político define ações para o que Estado possa investir em cultura independente da alternância de governos”, opina.

Já para a coordenadora do processo de construção do PEC/MS, Cláudia Medeiros, é fundamental o debate com a sociedade sobre o Plano Estadual de Cultura, “Essas manifestações contribuem para o amadurecimento e o aprimoramento da política cultural do Mato Grosso do Sul”, enfatiza.

Para participar da consulta pública é só acessar o site do Plano Estadual de Cultura http://www.fundacaodecultura.ms.gov.br/pecms/ e clicar no ícone Consulta Pública. Será necessário preencher um cadastro com nome, CPF, e-mail e a cidade na qual o internauta reside. A consulta ficará aberta de 21 de dezembro a 20 de janeiro de 2013.

###Plano Estadual de Cultura

O Plano Estadual de Cultura busca definir políticas públicas de longo prazo que assegurem os direitos culturais, a proteção e promoção do patrimônio e da diversidade cultural do Estado, bem como a ampliação do acesso à produção e a inserção da cultura em modelos sustentáveis de desenvolvimento socioeconômico. Ainda prevê o estabelecimento de um sistema público e participativo de gestão e o acompanhamento e avaliação das políticas culturais. O plano estabelece políticas públicas culturais para os próximos dez anos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EPIDEMIA
Com mais uma vítima, MS registra 22 mortes por dengue neste ano
BRASIL
Regularização de CPF pode ser feita pelo site da Receita Federal
DECRETOS
População atende apelo e Glória de Dourados fica sem casos suspeitos de coronavírus
IVINHEMA
Com filhos no carro, mulheres são flagradas com mais de 20kg de maconha
GRANDE DOURADOS
Médico faz projeção e expõe capacidade da saúde para atender situação de emergência
REGIÃO
Polícia flagra droga sendo transportada em ambulância para Capital
DOURADOS
Defeitos em construção de imóvel gera indenização por dano moral
CORONAVÍRUS
União reconhece MS como Estado de Calamidade Pública
RURAL
Exportações de proteína animal em MS ultrapassam 20% no primeiro trimestre
BRASIL
Após decisão do STF, Justiça cancela acordos individuais

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher tenta desviar de buraco, é atropelada por carreta e morre
FLEXIBILIZAÇÃO
Com restrições, comércio volta a funcionar amanhã em Dourados
FLEXIBILIZAÇÃO
Confira o que muda em Dourados com novo decreto do comércio
DOURADOS
Vítimas foram atingidas com 12 disparos de pistola no Jardim Carisma