Menu
Busca segunda, 21 de junho de 2021
(67) 99257-3397

Piscicultores de MS receberão kit para comércio de peixe

25 abril 2006 - 09h41

Pescadores e piscicultores de cinco municípios de Mato Grosso do Sul receberão kits para a comercialização da sua produção em feiras e mercados. A entrega do material faz parte de um programa do governo federal que visa diminuir a distância entre o produtor de peixe e o consumidor final, eliminando o atravessador da cadeia produtiva. Os kits do programa ‘Feira do Peixe’ serão distribuídos a entidades que reúnem pescadores e piscicultores de Amambaí, Ladário, Mundo Novo, Naviraí e Porto Murtinho.A iniciativa é fruto de uma parceria entre a Seap/PR (Secretaria Especial de Aqüicultura e Pesca da Presidência da República), que adquiriu os equipamentos, e a Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), que vai ceder em comodato os kits às entidades beneficiadas. A entrega dos materiais será realizada às 14h desta quarta-feira no Núcleo Industrial da Conab, em Campo Grande (av. Principal 2, nº 20, na saída para Aquidauana, próximo à Frangovit). Os kits-feira foram disponibilizados em dois padrões - para o peixe fresco ou para o peixe vivo. Os beneficiados receberão: estrutura metálica desmontável, balcão para manuseio de pescados, recipientes com tampa para resíduos, balança eletrônica, caixa isotérmica, avental e luvas para manuseio, facas para cortes e filetagem, tanque desmontável com capacidade para 2 mil peixes vivos, puçá para coleta e soprador para manutenção da água (no kit para peixe vivo); balcão de exposição e mangueira para degelo (no kit para peixe fresco). Serão entregues sete kits para peixe fresco e dois para peixe vivo.“A expectativa do programa é que os aquicultores ou pescadores possam vender seu peixe diretamente em feiras ou outros espaços adequados para a comercialização. Ganha o produtor, que poderá aumentar a sua renda, e ganha o consumidor que terá acesso a um produto mais barato”, afirma a gerente da Seap/PR para o Mato Grosso do Sul, Marilúcia Canisso Valese.A meta do programa é levar os kits para o comércio a 1200 comunidades em todo o Brasil. Em Mato Grosso do Sul as primeiras entidades beneficiadas são: a Associação de Piscicultores de Amambai, a Associação de Pescadores do Porto Caiuá de Naviraí, a Associação de Pescadores de Ladário, a Cooperativa dos Piscicultores de Mundo Novo e a Colônia de Pescadores Z-6 de Porto Murtinho. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Três pacientes aguardam por leitos de UTI Covid em Dourados
SISTEMA DE SAÚDE
Três pacientes aguardam por leitos de UTI Covid em Dourados
IMUNIZAÇÃO
Brasil recebe lote de vacinas da Pfizer pelo consórcio Covax Facility
ESPORTES
Liga das Nações: Brasil termina 1ª fase com vitória e enfrenta Japão
CULTURA
Exposição com obras de Conceição dos Bugres fica no Masp até janeiro
POLÍTICA
Congresso recebe iluminação verde para incentivar preservação ambiental
PANDEMIA
Brasil registra 17,9 milhões de casos de covid-19 e 501,8 mil mortes
POLÍTICA
Vereadores votam LDO da Capital na terça-feira com projeção de R$ 4,669 bilhões
BRASILEIRO
Ceará domina Inter fora de casa, mas duelo acaba empatado
REGIÃO
Jovem é detido por populares após roubar de cerveja em conveniência
ESPORTES
Judô paralímpico do Brasil vai quatro vezes ao pódio na Inglaterra

Mais Lidas

ASSASSINATO
Investigações apontam que mulher foi atraída para o local do crime por proposta de trabalho
VIVAL DOS IPÊS
Com suspeita de latrocínio, mulher é encontrada morta em Dourados
LAGUNA CARAPÃ
Veículo de mulher morta em Dourados é encontrado
REGIÃO
Preso, motorista de Corolla que matou moto entregador nega "racha"