Menu
Busca segunda, 17 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Pilotos se recusam a bombardear cidade e avião cai em Benghazi

23 fevereiro 2011 - 13h50

Um caça da Força Aérea da Líbia sofreu um acidente perto da cidade de Benghazi depois que sua tripulação saltou de paraquedas, recusando-se a bombardear a cidade, informou o jornal líbio Quryna. A fonte foi um coronel da base aérea próxima a Benghazi, segundo quem os tripulantes, capitão Attia Abdel Salem al Abdali e seu número dois, Ali Omar Kadafi, se ejetaram do avião russo modelo Sukhoi-22 e pousaram com segurança. O avião, que partiu de Trípoli, caiu próximo da cidade de Ajdabiya, a 160 quilômetros a sudoeste de Benghazi, informou o jornal.

Benghazi e a maioria do leste da Líbia não estão sob controle do governo central desde a revolta da semana passada contra o regime do líder líbio, Muammar Kadafi. As manifestações no país vem na esteira das revoltas que dominam o mundo árabe estimuladas pela Revolução do Jasmin, que derrubou o ditador da Tunísia. Esse é o segundo episódio de deserção na Força Aérea líbia. Na segunda-feira, dois coronéis que pilotavam dois caças MIG de fabricação francesa fugiram para a ilha de Malta, no Mediterrâneo, após se recusarem a bombardear manifestantes.

Ontem, o ditador Kadafi foi à TV estatal e ameaçou os manifestantes. Disse que não havia usado a força 'ainda', mas que poderia usá-la, e prometeu tirar as cidades do leste do país do controle da oposição. Desde segunda-feira, o ditador tem ordenado o uso de aviões de guerra contra os dissidentes. Kadafi culpou a juventude líbia, a imprensa internacional, o terrorismo islâmico e os EUA pelo caos no país e afirmou que a imagem da Líbia está sendo "distorcida" perante o mundo. “Vocês conhecem alguém decente que participa disso? São todos bêbados e drogados", disse, sobre os jovens que participam dos protestos.

O jornal Quryna, com sede em Benghazi, é a fonte de mídia mais confiável na Líbia. O veículo pertence a um grupo ligado a um filho de Kadafi, Saif al-Islam, mas desde que o governo central, em Trípoli perdeu o controle sobre Benghazi, o veículo tem divulgado informações abertamente sobre os eventos na cidade e em outras regiões do país.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dourados tem 35 pacientes com Covid-19 na espera por vaga pública de UTI
OCUPAÇÃO MÁXIMA
Dourados tem 35 pacientes com Covid-19 na espera por vaga pública de UTI
ECONOMIA
Abono salarial do PIS-PASEP de até R$ 1,1 mil tem calendário unificado
EDUCAÇÃO
Projeto 'Astrominas' oferece vagas para meninas adolescentes em atividades online de ciências
EMPREGO
Processo seletivo da Prefeitura de Maracaju terá salários de até R$ 8,5 mil
EDUCAÇÃO
Prazo para pedir isenção de taxa do Enem começa nesta segunda-feira
POLÍCIA
Foragido da Justiça é preso após agredir namorada adolescente
POLÍCIA
Mulher encontra seus três cachorros envenenados e suspeita de vingança do ex
ESPORTE
Grêmio vence Inter de virada e larga em vantagem na final do Gauchão
ESPORTES
Palmeiras domina o Corinthians, vence em Itaquera e vai à final do Paulistão
POLÍCIA
Homens são flagrados carneando vaca furtada e um deles tenta agredir policial a facada

Mais Lidas

CAMPO GRANDE
Após discussão, jovem bate veículo em poste e namorada que estava no capô morre
POLÍCIA
'Apaixonado', rapaz furta objetos na PED para ser preso e reencontrar marido
FEMINICÍDIO
Mulher baleada na cabeça pelo ex-marido morre no hospital
REGIÃO
Mulher mata o marido a facadas após discussão em MS