Menu
Busca quarta, 20 de outubro de 2021
(67) 99257-3397

PF prende sete por fraude em seguro-desemprego

01 abril 2008 - 16h48

Sete pessoas foram presas pela Polícia Federal fez nesta terça-feira (1) em Uberlândia (MG). As prisões foram realizadas durante a operação "Pleno Emprego", para prender fraudadores do seguro-desemprego.

De acordo com a assessoria de imprensa da polícia, seis mandados de busca e sete de prisão foram cumpridos.

Segundo a PF, as fraudes eram feitas por meio de um escritório de contabilidade que contratava pessoas para uma empresa inativa. Logo depois, elas eram demitidas e, com ajuda do Ministério do Trabalho, recebiam o teto omáximo do benefício.

Nos cinco anos de atuação da quadrilha, as perdas com fraude podem ter chegado aos R$ 18 milhões. A investigação durou três neses e 60 policiais federais participaram da ação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUDICIÁRIO
STF decide que pobre não deve pagar honorários se perder ação trabalhista
NAVIRAÍ
Homem é preso suspeito de matar sogro durante atentado a tiros
NÚMEROS DA PANDEMIA
Brasil ultrapassa 604 mil mortes por Covid; média volta à estabilidade
Suspeitos de assassinato de fazendeiro em Naviraí são presos no Paraná
POLÍCIA
Suspeitos de assassinato de fazendeiro em Naviraí são presos no Paraná
Mais de 400 atletas vão disputar modalidades coletivas dos Jogos Escolares
ESPORTE
Mais de 400 atletas vão disputar modalidades coletivas dos Jogos Escolares
CAPITAL
Guarda municipal é preso dirigindo embriagado após desacatar colegas
DOURADOS
Trecho da Rua Hayel Bon Faker afetado no temporal é liberado
IVINHEMA
Descarga de 34 mil volts mata homem que fazia reparos em rede elétrica
COMER BEM
Caderno "Comer Bem" gera visibilidade e lucro ao seu negócio
PANDEMIA
Fiocruz aponta estabilidade em casos de síndrome respiratória grave

Mais Lidas

RIO BRILHANTE
Mulher é presa após se masturbar em praça pública
LEGISLATIVO
Em Dourados, projeto quer criar Dia Municipal do Torcedor Flamenguista
CAPTURA
Cobra é capturada em para-choque de carro na região central de Dourados
DOURADOS
Preso por violência doméstica passa por audiência de custódia e tem preventiva decretada