Menu
Busca domingo, 09 de maio de 2021
(67) 99257-3397

PF já prendeu 63 pessoas envolvidas com dólares no país

17 agosto 2004 - 18h33

Balanço parcial divulgado pela Superintendência Regional da Polícia Federal no Rio de Janeiro informa que 63 pessoas já foram presas nesta terça-feira na chamada Operação Farol da Colina. Eles são acusados de crimes de formação de quadrilha, evasão de divisas, sonegação fiscal e lavagem de dinheiro. A operação tem a participação do Ministério Público Federal e da Receita Federal. Durante a operação foram apreendidos documentos, computadores e dinheiro, que estavam em posse de doleiros e pessoas ligadas a eles. A quantia total apreendida pela ainda está sendo contabilizada. Neste primeiro dia, foram cumpridos 208 mandados de busca e apreensão. Ainda faltam 13 mandados de busca e apreensão. A operação vai continuar até o cumprimento de todos os mandados de prisão e de busca. O porta-voz da PF em São Paulo, Wagner Castilho, disse que existem 30 foragidos no Estado. Segundo a PF, os envolvidos teriam enviado para o exterior US$ 24 bilhões, entre 1997 e 2002. Castilho, de São Paulo, afirmou que os recursos eram movimentados no banco JP Morgan, em Nova York, por meio de uma conta fantasma, em nome da empresa Beacon Hill Service. O dinheiro era enviado para essa "conta-mãe" e depois era pulverizado para paraísos fiscais. A operação, que segundo a PF é a maior dos últimos anos, ocorre em sete Estados: São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Pará, Amazonas, Paraíba e Pernambuco. Foram alocados 750 homens para a operação em todo o país, envolvidos na execução de 215 mandados de busca. Todos os mandados foram expedidos pelo juiz Sérgio Moro, da 2ª Vara Federal Criminal de Curitiba, que já julgou processo contra ex-dirigentes do Banestado. Segundo a CPI do Banestado, instalada no Congresso, o banco paranaense teria nos últimos anos sido usado para o envio ilegal de recursos ao exterior. São Paulo O principal preso em São Paulo foi o doleiro Antônio Oliveira Claramunt, o Toninho da Barcelona, que também foi investigado pela Operação Anaconda por supostas ligações com juízes acusados de vender sentenças. De acordo com o balanço preliminar da PF, foram executados 23 mandados de prisão temporária e 79 de busca e apreensão em São Paulo. A PF apreendeu em São Paulo 55 computadores, além de R$ 500 mil com os doleiros.Também foram apreendidos, US$ 120 mil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Técnico Enderson Moreira é internado em MG após princípio de infarto
GERAL
Técnico Enderson Moreira é internado em MG após princípio de infarto
PANDEMIA
Como fazer suas compras de mantimentos de forma segura
PANDEMIA
Covid-19: o que fazer com as compras quando chegar em casa
CPI
CPI mira vacinas em audiências com Anvisa e Pfizer
Comissão debate representatividade política das pessoas com deficiência
DIREITOS HUMANOS
Comissão debate representatividade política das pessoas com deficiência
POLÍTICA
Pauta do Plenário tem três MPs, Loteria da Saúde e proibição de reajuste de medicamentos
SAÚDE
Pesquisa mostra aprofundamento de desigualdades na infância
GERAL
Explosão de gás destrói restaurante em Belém
ASTRAZENECA
Ministério da Saúde anuncia distribuição de doses para próxima segunda
POLÍTICA
Secretaria da Mulher debate situação das domésticas na pandemia

Mais Lidas

DOURADOS
Adolescentes flagrados em festa 'entregam' distribuidora que vendeu bebidas alcoólicas
BR-163
Colisão entre viatura e carreta termina com policial ferido
ACIDENTE
PRF diz que policial saiu andando de viatura após colisão com carreta
BR-163
Viatura da PRF estava com apenas um ocupante quando colidiu contra carreta