Menu
Busca sexta, 16 de abril de 2021
(67) 99257-3397

PF detém 77 paraguaios por uso de documento falso

09 julho 2005 - 08h58

Um grupo de 77 paraguaios foi detido pela Polícia Federal e fiscais da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, na tarde desta sexta-feira, na Roviária Interestadual de Corumbá. Eles vieram da Bolívia e tentavam retornar para o Paraguai, através de Corumbá, após terminarem um serviço de empreitada na fazenda de um brasileiro na cidade boliviana de El Carmen. Segundo a PF, um dia antes, o grupo havia tentado entrar no Brasil, mas como não possuía a carteira de imunização contra a febre amarela, teve de retornar. Ontem, os paraguaios voltaram e, desta vez, apresentaram a carteira de vacinação boliviana com datas diferentes e tentaram carimbar os passaportes para seguir viagem. Mas os agentes federais e os fiscais da Anvisa desconfiaram da autenticidade do documento e deteve o grupo. Na delegacia da PF, os paraguaios confirmaram que não tomaram a vacina anti-amarílica e que receberam as carteiras de imunização falsas dos brasileiros João Henrique Furlan Carnietto, 24 anos, e Roberto Ribeiro Carvalho Pini, 45 anos, que trabalham para o dono da fazenda em El Carmen, cujo nome não foi informado. Os documentos falsificados foram comprados na Bolívia. João Henrique e Roberto Ribeiro estão presos por uso de documento falso. Já os 77 paraguaios, após prestarem depoimentos, foram liberados e voltaram para o lado boliviano, porque o visto de entrada foi negado.No Brasil a vacina anti-amarílica é gratuita, mas o estrangeiro só pode seguir viagem após dez dias, por causa do período de incubação e a validade é por dez anos.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
CBF define potes de sorteio da terceira fase da Copa do Brasil
MS
Egresso da UEMS é o primeiro historiador de MS a receber registro profissional
Após quase um mês de estiagem, chuva chega e derruba temperatura em Dourados
TEMPO
Após quase um mês de estiagem, chuva chega e derruba temperatura em Dourados
Pandemia pode manter níveis críticos ao longo de abril, diz Fiocruz
BRASIL
Pandemia pode manter níveis críticos ao longo de abril, diz Fiocruz
Polícia civil realiza incineração de droga avaliada em mais de R$ 300 mil
MS
Polícia civil realiza incineração de droga avaliada em mais de R$ 300 mil
JARDIM
Ao limpar arma, jovem atira no próprio pé e, por não ter autorização para posse irá para delegacia
MS
SES lança serviço de consulta a resultados de exames da Covid-19 no site
MS-164
Veículos com 450 pacotes de cigarros contrabandeados são apreendidos
ARTIGO
Lulalá
DOURADOS
Motociclista é preso após passar 'fumando um baseado' ao lado de viatura

Mais Lidas

DOURADOS
Veículo usado para transportar corpo de colombiano passará por perícia
CRIME AMBIENTAL
Goiano preso com minhocas terá que pagar multa de quase meio milhão de reais
AMEAÇA DE EXTINÇÃO
Após passar por MS, homem é preso com mudas raras que seriam vendidas na Bolívia
DOURADOS
Funsaud oficializa saída de diretor médico da UPA após denúncia de escala sem plantonista