Menu
Busca segunda, 25 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Petrobras sobe para 4º em ranking de empresas de energia

27 janeiro 2010 - 13h26

A Petrobras subiu do nono para o quarto lugar no ranking das 50 maiores empresas de energia do mundo, segundo ranking da consultora PFC Energy divulgado na terça-feira, que leva em conta o valor de mercado das companhias em dezembro do ano passado.

A liderança do ranking é da PetroChina, que valorizou 36% de 2008 para 2009 e atingiu valor de mercado de US$ 353 bilhões, tomando o primeiro lugar da americana ExxonMobil, que encolheu 15% e somou US$ 323 bilhões.

A australiana BHP Billinton também se beneficiou na crise e saltou da sétima para a terceira posição, com valorização de 80% e US$ 201 bilhões em valor de mercado. A Petrobras vem logo atrás, com US$ 199 bilhões.

Segundo a PFC Energy, ao longo de 2009, as ações da Petrobras registraram alta de 103%, índice maior do que o alcançado pelas três primeiras da lista. A consultoria destacou ainda o rápido crescimento da estatal, que saiu da 23ª colocação para o quarto lugar, em apenas oito anos.

Braço petrolífero do grupo liderado pelo empresário Eike Batista, a OGX aparece pela primeira vez na lista, como a 33ª maior empresa de energia do mundo. A companhia apresentou valorização de 336% no ano passado - a maior taxa em toda a lista - e somou US$ 31 bilhões em valor de mercado.

A PFC Energy é uma consultoria de energia com atuação em empresas e governos em todo o mundo há mais de 20 anos. Ela publica anualmente o ranking das 50 maiores companhias de energia com ações em bolsa - usando como principal critério o desempenho no mercado de capitais.

Confira o ranking das dez maiores empresas de energia do mundo, segundo a PFC Energy:

1. PetroChina (China) - US$ 353 bi
2. ExxonMobil (EUA) - US$ 323 bi
3. BHP Billiton (Austrália) - US$ 201 bi
4. Petrobras (Brasil) - US$ 199 bi
5. Royal Dutch Shell (Holanda) - US$ 186 bi
6. BP (Reino Unido) - US$ 181 bi
7. Sinopec (China) - US$ 159 bi
8. Chevron (EUA) - US$ 154 bi
9. Total (França) - US$ 151 bi
10. Gazprom (Rússia) - US$ 144 bi

Deixe seu Comentário

Leia Também

UFGD
Mestrado em Agronegócios convida para palestra sobre Conceitos Científicos
PMR
Operação recupera em Dourados caminhão furtado na fronteira
SELEÇÃO
SES abre processo seletivo para contratação de 31 profissionais da saúde
POLÍTICA
Senado aprova MP que altera cargos e funções na Polícia Federal
CAMPO GRANDE
PM fecha depósito de drogas, apreende 2 toneladas de maconha e prende 4
AVANÇO DA PANDEMIA
Brasil registra 807 mortes por Covid em 24 horas, e total chega a 23.473
RIO VERDE
Mulher mata sobrinho com tiro na cabeça após ele ameaçar avó
CAPITAL
Mulher de pedreiro serial killer é presa pela Delegacia de Homicídios
PANDEMIA
No dia que MS passa de mil casos, 35 cidades ainda se mantêm “livres” do Coronavírus
DOURADOS
Homem cai em golpe após vizinho oferecer ajuda para cadastro de auxílio emergencial

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Homem morre atropelado por rolo compactador
PANDEMIA
Dourados ultrapassa marca de 100 casos confirmados de coronavírus
MARACAJU
Homem morre após tentativa de fuga e troca de tiros com a polícia
MS-145
Motorista disse não ter visto momento que atropelou e matou ciclista