Menu
Busca domingo, 07 de março de 2021
(67) 99257-3397

Petista prevê dificuldade para aprovar mínimo no Senado

07 junho 2004 - 22h55

O presidente nacional do PT, José Genoino, acredita que o salário mínimo de R$ 260 será aprovado no Senado, porém com mais dificuldade do que na Câmara. Segundo ele, existem razões econômicas, orçamentárias e políticas para a bancada do PT votar o reajuste do novo mínimo. "Vamos conseguir a aprovação no Senado com mais trabalho porque lá a oposição é mais forte", previu em entrevista ao Portal do PT. Genoino ressaltou que o partido lutará para que a bancada petista na Casa vote unida com o governo a MP do novo mínimo. "Primeiro porque isso ajuda essa tendência consistente de recuperação econômica do País. Depois, porque no Orçamento as prioridades estão colocadas de forma transparente". O petista salientou que o governo e a legenda continuarão priorizando projetos sociais como habitação, reforma agrária e investimentos produtivos. Também ressaltou o comprometimento do governo em saldar a dívida com os aposentados. Ele previu que projetos como a Parceria Público-Privada (PPP), a Lei de Falências e a biossegurança serão aprovados antes do recesso branco. Genoino classificou de "correta" a decisão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva de enviar tropas do Exército para Minas devido à greve das forças policiais do Estado. "Acho que a decisão do presidente Lula em Minas Gerais foi correta ao atender a um pedido do governador (Aécio Neves) para garantir a ordem democrática", comentou. "Pessoalmente sou contra greve de polícia porque é uma instituição do Estado, tem uma função decisiva para as pessoas e por isso deve ter um tratamento salarial diferenciado", completou. Sobre a questão de segurança no Rio, o petista disse que as Forças Armadas devem ter atuação auxiliar no Estado sem assumir a linha de frente. "O que está sendo encaminhado ao Rio de Janeiro tem de ser executado, isto é, a viabilização do Sistema Único de Segurança Pública", afirmou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPORTUNIDADE
Inscrições para seleção de professor temporário de Medicina terminam no dia 12
Governo registra 105 mil denúncias de violência contra a mulher
BRASIL
Governo registra 105 mil denúncias de violência contra a mulher
CAMPO GRANDE
Dupla é presa após ameaçar populares e atirar contra viatura policial
Jovem tenta fugir, mas é preso com réplica de pistola
REGIÃO
Jovem tenta fugir, mas é preso com réplica de pistola
Estágio em comarca de Nova Alvorada do Sul tem inscrições abertas nesta segunda-feira
OPORTUNIDADE
Estágio em comarca de Nova Alvorada do Sul tem inscrições abertas nesta segunda-feira
SOLIDARIEDADE
Programa da ONU ajuda venezuelanas a refazer a vida no Brasil
ESPORTES
Corinthians vence Sorocaba e fica com a vaga na Libertadores de futsal
BRASIL
Câmara dos Deputados vota esta semana a PEC Emergencial
TRÁFICO
Mulher que saiu com droga de Dourados com destino a São Paulo é presa
LIMITE
UTI'S em Dourados seguem com lotação máxima

Mais Lidas

EXECUÇÃO
Executado na fronteira era publicitário e morador em Dourados
PONTA PORÃ
Homem é assassinado na região de fronteira e autores deixam recado ao lado do corpo
SIDROLÂNDIA
Empresário morre em acidente que deixou outros três feridos
FRONTEIRA
Corpo de bebê é encontrado em matagal e enrolado em cobertor