Menu
Busca sexta, 15 de outubro de 2021
(67) 99257-3397

Pessoas com depressão podem ser mais propensas a Alzheimer, diz estudo

08 abril 2008 - 16h14

Pessoas que tiveram depressão podem estar mais sujeitas a desenvolver o Mal de Alzheimer, de acordo com dois estudos.
Pesquisadores holandeses constataram que pacientes com histórico de depressão têm duas vezes e meia mais chances de vir a sofrer do Mal de Alzheimer.

E especialistas americanos fazendo estudos com o clero católico concluíram que aqueles com sinais de depressão tinham mais chances de desenvolver a condição.

O estudo holandês aparece na revista científica Neurology, e o americano, na revista Archives of General Psychiatry.

Primeiro Estudo

A amostragem usada no estudo holandês foi pequena – 486 pessoas foram monitoradas ao longo de seis anos e apenas 33 desenvolveram o Mal de Alzheimer.

Segundo esse estudo, pessoas que apresentaram sinais de depressão ao longo da vida têm duas vezes e meia mais chances de sofrer do Mal de Alzheimer.

Se tiveram depressão antes dos 60 anos, as chances são quatro vezes maiores.

Os pesquisadores, do Erasmus University Medical Center, em Roterdã, disseram que são necessárias mais pesquisas para explicar melhor a relação entre o Mal de Alzheimer e a depressão.

A responsável pela pesquisa, Monique Breteler, disse: "Nós não sabemos ainda se a depressão contribui para o desenvolvimento do Mal de Alzheimer, ou se outro fator desconhecido provocaria tanto a depressão quanto a demência".

Uma teoria é que a depressão levaria à perda de células em duas regiões do cérebro, o hipocampo e a amídala, contribuindo para o Mal de Alzheimer.

Entretanto, o mesmo estudo não encontrou diferenças no tamanho dessas duas áreas do cérebro em pacientes com depressão e em pessoas que nunca sofreram da condição.

Segundo Estudo

Os resultados do estudo holandês foram confirmados em outro, feito na Rush University, nos Estados Unidos.

Os americanos monitoraram mais de 900 integrantes do clero católico durante 13 anos.

Nesse período, 190 passaram a sofrer do Mal de Alzheimer.

Os especialistas verificaram uma maior probabilidade de desenvolver o Mal de Alzheimer em indivíduos que apresentaram mais sinais de depressão no começo do estudo.

Nesse estudo, os pesquisadores queriam investigar uma outra teoria, de que a depressão seria uma conseqüência do Mal de Alzheimer.

Mas encontraram pouca evidência disso, já que não houve um aumento nos sintomas de depressão durante os primeiros estágios de desenvolvimento do Alzheimer.

Também não ocorreu um aumento geral nos sinais de depressão após o diagnóstico.

Segundo os pesquisadores, esse estudo sugere que a depressão é um fator de risco no desenvolvimento do Mal de Alzheimer - e não um primeiro sinal de que a pessoa estaria desenvolvendo a demência.

Para o pesquisador Robert Wilson, da equipe da Rush University, a depressão deixaria o cérebro mais vulnerável.

"Os sintomas depressivos podem estar associados a mudanças distintas no cérebro que de alguma forma reduziriam a reserva neural, que é a habilidade do cérebro de tolerar a patologia associada ao Mal de Alzheimer", disse Wilson.

Representantes de entidades de fomento à pesquisa sobre o Mal de Alzheimer deram boas vindas aos estudos e disseram que mais pesquisas são necessárias para tentar esclarecer a relação entre a depressão e a demência.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORTE DE VERBA
Bolsonaro sanciona lei que retira mais de R$ 600 milhões da ciência
Prefeitura de Naviraí interdita ponte por conta de risco de desabamento
REGIÃO
Prefeitura de Naviraí interdita ponte por conta de risco de desabamento
CULTURA
Festival de dança valoriza a melhor idade e promove a confraternização
VIOLÊNCIA
Diretor-adjunto é condenado por estuprar criança de 10 anos em escola
DOURADOS
Incubadoras da UFGD selecionam propostas de novos empreendimentos
CAPITAL
Ao se negar entregar celular a ladrão, menina de 12 anos é esganada
VACINA
Saúde reduz intervalo da AstraZeneca de 12 para 8 semanas
LADÁRIO
Polícia prende irmãos acusados de matar jovem a tiros em bar
ELEIÇÕES 2018
TSE vai julgar ações que pedem cassação da chapa Bolsonaro-Mourão
TEMPORAL
Chalana vira no rio Paraguai e sete pessoas ficam desaparecidas

Mais Lidas

DOURADOS
Polícia indicia três e recupera R$ 32 milhões de golpe milionário em empresa
FRONTEIRA
"Olheiro" de vítimas da chacina em Pedro Juan é preso
VIOLÊNCIA
Ataque na fronteira deixa um morto e dois feridos, entre eles vereador
CLIMA
Chuva e ventos fortes derrubam árvores em Dourados e causam estragos em posto da PRF