Menu
Busca terça, 15 de junho de 2021
(67) 99257-3397

Pesquisadores franceses conhecem pesquisas de trigo da Embrapa

11 maio 2006 - 14h57

A Embrapa Agropecuária Oeste, empresa vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, recebeu durante esta semana, em Dourados, pesquisadores franceses do Arvalis Institut du Vegetal, entidade privada com características que englobam as atividades executadas pela Embrapa, empresas de extensão rural e Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), para mostrar aos mesmos as pesquisas realizadas com a cultura de trigo. Os especialistas visitaram algumas propriedades em Dourados e região e o campo experimental da Embrapa de Dourados, onde conheceram os projetos de pesquisa da Empresa e participaram de um seminário na Unidade, ministrado por pesquisadores de diversas áreas.O pesquisador Claudio Lazzarotto fez um relato das condições climáticas em que o trigo é cultivado no estado e destacou que “apesar de termos um clima instável por estarmos situados em uma faixa de transição climática, no sul do Estado a distribuição de chuva é mais uniforme durante o ano, o que favorece o balanço hídrico, com água suficiente para o cultivo do trigo. Entretanto, ainda há o risco de geadas, entre 40% a 75%, sendo este o fenômeno mais prejudicial à cultura”.Os custos de produção, apresentados pelo pesquisador Alceu Richetti, também chamaram a atenção dos visitantes. Atualmente, as estimativas de custo são maiores que os preços oferecidos pelo mercado. Para o engenheiro agrônomo do instituto francês, Gay Lemaitre, “é incrível ver a disposição do produtor brasileiro, que mesmo em condições adversas continua investindo na agricultura”. Lemaitre conta que o sistema produtivo francês é “excessivamente administrado e não há possibilidades de sermos pró-ativos, empreendedores como os brasileiros. Chegamos aos mesmos coeficientes que o Brasil, mas nossos projetos são complexos, o que não é tão positivo. Aqui há mais dificuldade para o cultivo, porém há mais capacidade de empreender”.Gay ressalta que a visita “permitirá compreender o sistema produtivo brasileiro por inteiro” e sugere que “com mais mentes estudando o mesmo assunto, encontraremos soluções que beneficiarão a todos”. Para o fitotecnista da Embrapa, Gessi Ceccon, durante as apresentações feitas na Embrapa Agropecuária Oeste, “eles puderam notar a importância do trigo como uma cultura componente do sistema de produção regional, principalmente por haver poucas opções econômicas de cultivo na safrinha”. Com suas teses de Mestrado fundamentadas no desenvolvimento da cultura do trigo, os estudantes franceses Benjamin Henry e Marie-Astrid Colin integravam a comitiva. Há três meses no Brasil, esses engenheiros agrônomos estão finalizando suas dissertações e tiveram o trabalho solicitado pelo Arvalis Institut. “Na França é comum empresas públicas ou privadas sugerirem às universidades temas para compor teses de graduação e pós e os assuntos procuram estar de acordo com as demandas do mercado”, explica o professor-orientador dos acadêmicos, o brasileiro José Peres de Lima Neto, da Federação Francesa das Escolas Superiores de Engenharia em Agricultura, com sede em Paris.Benjamim se diz admirado com o sistema de rotação de culturas adotado no Brasil. “Percebo que muitas vezes o cultivo do trigo não proporciona tanto lucro, mas é cultivado para dar continuidade à rotação”. Marie lembra que na “França não há duas safras como aqui. Fazer rotação é muito difícil para os produtores franceses e vemos que é uma boa solução”.A visita inclui ainda uma passagem pela Embrapa Trigo (Passo Fundo-RS) e Argentina para “confrontar os sistemas adotados na região do Mercosul com o francês, e assim, evoluir, cada vez mais, a cadeia produtiva do trigo”, destaca a economista do Arvalis Institut, Valeiré Leveau. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

INTERNACIONAL
Justiça argentina começa interrogatórios sobre morte de Maradona
Entidades acusam governo federal de perseguir pesquisadores
CÂMARA DOS DEPUTADOS
Entidades acusam governo federal de perseguir pesquisadores
CAPITAL
Mulher é acusada de agredir e xingar policiais em bairro de Campo Grande
FUTEBOL
Copa América: seleção chega ao Rio de Janeiro para jogo contra Peru
Especialistas criticam ausência de programação de combate ao racismo na EBC
CÂMARA DOS DEPUTADOS
Especialistas criticam ausência de programação de combate ao racismo na EBC
INTERNET
Pesquisa aponta inacessibilidade de sites culturais
LEGISLATIVO
Câmara aprova isenção de impostos para beneficiários do "Casa Verde Amarela"
IMUNIZAÇÃO
Covid-19: 82% dos indígenas receberam 1ª dose, diz Ministério da Saúde
COVID-19
Estado acolhe flexibilização de medidas em Dourados, mas mantém bandeira "cinza"
ESPORTES
Ministério da Saúde confirma 41 casos de covid-19 na Copa América

Mais Lidas

DOURADOS
Defron desarticula entreposto de cocaína no Campo Dourado
REGIÃO
Homem é executado a tiros na rodoviária de Nova Alvorada do Sul
DOURADOS
Guarda encerra mais uma festa clandestina regada a álcool em meio ao lockdown
DOURADOS
Jovem é encontrado caído em via na área central e estado de saúde é grave